Diretor-técnico da Red Bull diz que cópias na F1 “não garantem sucesso”

A Red Bull tem sido o grande nome da F1 nos últimos anos, o que tem atraído a atenção das adversárias do grid. Entretanto, de acordo com Pierre Wache, diretor-técnico da equipe, tentar copiar o time é algo quase inútil para as rivais.

Aos olhos do dirigente, tentar simular alguns aspectos não garante sucesso para aquele que se inspira. A McLaren, por exemplo, foi uma das equipes que chegou a apresentar uma suspenção similar, mas Wache duvida que os recentes sucessos da equipe britânica se dão a esse ponto.

O diretor-técnico aponta que, na verdade, o que pode trazer bons resultados é a imagem geral, não apenas um ponto específico. Como citado anteriormente, pode até mesmo copiar a suspensão, mas é preciso entender o motivo dessa solução funcionar em seu carro.

“Você pode copiar apenas por copiar, isso não funciona. Você precisa ter o conhecimento e também ter um objetivo maior em mente onde busca ir com as características do carro. Se o que você copia não encaixa na imagem geral, então, vai a lugar algum”, explicou em entrevista ao Motorsport.com.