Stock Car: frenagens fortes desafiam pilotos na etapa do Velocitta

A Stock Car retorna ao Velocitta, autódromo localizado em Mogi Guaçu (SP), neste final de semana para a disputa da segunda etapa da temporada 2024. A etapa promete emoção na pista e um desafio para os competidores com relação aos freios, já que o travado circuito do interior paulista tem entre suas características as fortes frenagens.

De acordo com Ingo Hoffmann, embaixador da Hipper Freios, nova fornecedora de discos de freios da Stock Car, o circuito de 3.443 metros possui alguns pontos de frenagens mais fortes. O dono de 12 títulos na mais importante categoria do esporte a motor brasileiro destaca ainda a melhoria da eficiência dos freios, respondendo de forma suave ao acionamento do piloto durante a pilotagem, com menor esforço.

“O Velocitta é uma pista que tem cinco pontos de frenagens bastante fortes, mas que possui ventilação entre eles. Assim como em Goiânia, na abertura do campeonato, e nos outros circuitos que a Stock visitar neste ano, os pilotos terão que se adaptar a nova resposta, agora mais eficiente, dos freios da Hipper Freios”, disse Ingo.

Os discos de freios desenvolvidos pela Hipper Freios usam a tecnologia da retífica cruzada Hipper Grinding, permitindo que freios estejam prontos para uso desde os primeiros quilômetros. Os discos também contam com niobium steel na composição, material que traz uma maior resistência mecânica e térmica, fazendo com que os freios aqueçam menos.

A programação da Stock Car no Velocitta terá início nesta sexta-feira, com a realização de dois treinos livres. O sábado conta com a classificação que define o grid das duas corridas e a disputa da Sprint, prova de 30 minutos de duração com largada marcada para 15h30. A corrida principal, com 50 minutos de disputa, ocorre no domingo, às 12h30, com transmissão de Band, Sportv e YouTube.