Pista de Goiânia é o maior desafio de Victor Manzini em sua estreia na Turismo Nacional

Na próxima quinta-feira, 22, Victor Manzini, piloto da Equipe Roberto Manzini Centro Pilotagem na categoria B da  Turismo Nacional (TN), guiará pela primeira vez seu New Onix #117, na etapa de abertura da temporada 2024, a oitava da categoria, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.

“Não tivemos nenhum tipo de treino com esse carro. Mas estou confiante para a primeira etapa. Acho que a maior dificuldade vai ser eu me encontrar no circuito. Nunca andei em Goiânia. Para isso, estou treinando no simulador”, diz Victor Manzini.

A primeira vez no carro não o preocupa. Ele vem de cinco temporadas no kartismo, com os títulos de campeão de 2023 da Copa São Paulo de Kart KGV na categoria Rotax DD2 e de vice-campeão de 2022 do Brasileiro de Kart categoria Rotax DD2. Já testou na Stock Series e na Fórmula 4.

Fez alguns treinos de turismo 1.6. Correu uma vez na HRacing Cup em 2023, a convite de Edu Doriguel. E, para completar, é instrutor estagiário na Roberto Manzini Centro Pilotagem (RMCP), a principal escola brasileira de pilotagem esportiva e defensiva, comandada por seu pai, Roberto Manzini. Mas todas as experiências foram no Autódromo de Interlagos.

Nova Turismo Nacional – A TN tem novo formato nessa temporada: o calendário ganhou duas corridas, terá oito etapas. E serão disputados três campeonatos: o Sprint, com seis etapas; a Copa Endurance, com duas etapas; e o Overall, com a soma dos resultados das oito etapas para definir o campeão geral da temporada. Para Victor, serão quatro campeonatos. Ele também pontuará na categoria Rookie B, reservada aos estreantes.

Nesse cenário, Victor Manzini, que corre com o patrocínio da Roberto Manzini Blindagens, começa sua primeira temporada de automobilismo com boas expectativas. “Eu acho que vai ser um bom ano, com muito aprendizado e com bons resultados”, resume o piloto paulistano.

Na primeira etapa, que será uma corrida de endurance em Goiânia, no sábado, 24, com duração de três horas mais uma volta, ele dividirá o New Onix #117 com o piloto Renato Turelli, campeão brasileiro de kart e instrutor da RMCP, que será seu coach nesta temporada. A Equipe Roberto Manzini Centro Pilotagem  terá na TN também o New Onix  #110, pilotado por Américo Lanzoni, com a companhia de Rafael Manzini, também instrutor na RMCP, nas provas de endurance.

Dois carros na pista – Roberto Manzini, o chefe da equipe, explica: “A vantagem de termos dois carros na categoria é tornarmos mais rápidas as experiências e aprendizagens. O acerto do que tiver melhor performance nos treinos iniciais será aplicado nos dois carros. Em geral, assim,  os acertos saem mais rápido, o que nos torna mais competitivos”.

Esta não é a primeira vez que Roberto Manzini, fundador da RMCP há 25 anos, tem equipe de automobilismo. Com times anteriores, venceu corridas na então chamada Stock Car V8, com Augusto Falletti; na Stock Light, antecessora da Stock Series, com Giuliano Losacco; na Copa Clio com André Bragantini; e na TN em 2021 com alunos e instrutores da RMCP.

Também faturou dois campeonatos de GT4 com Ferrari e Aston Martin. E organizou a logística e a preparação de todos os carros do Campeonato Ford Fiesta Feminino, promovido por Maria Helena Fittipaldi, em 2001. Anteriormente, como piloto, ele venceu dois campeonatos de turismo.

Agora, o desafio é comandar a equipe sendo pai de piloto. “No kart, segundo o pessoal da equipe BR Goffredo e o Giuliano Raucci, que é o coach do Victor no kartismo, eu me comportei bem como pai. Mas é duro, ainda mais para o Victor, que sempre leva a carga de ser meu filho. Será um teste difícil para nós, pois tenho que separar muito claramente os papéis de pai e chefe de equipe. Mas acredito que vamos superar isso, com o apoio do nosso pessoal que conhece corridas, me conhece bem e ao Victor também”, conclui Roberto Manzini.