Da terra para o asfalto, Edu de Paula se firma e mira título

Uma das caras novas na Turismo Nacional na última temporada foi Edu de Paula. Nascido em Joinville, o piloto trouxe na bagagem experiência nas motos e também no automobilismo na terra antes de estrear na categoria dos carros mais vendidos do Brasil com apenas 20 anos, quando aceitou convite de Fabrício Lançoni para formar dupla na etapa de Tarumã (RS), a segunda do campeonato. Logo de cara, na sua primeira corrida, Edu brilhou e terminou na segunda colocação correndo pela categoria A, ficando somente atrás de Juninho Berlanda, que viria a se tornar campeão no fim do ano.

Em Goiânia, a partir da quarta etapa do campeonato, a segunda para Edu, o piloto acelerou em trajetória solo e, na última rodada do ano, em Cascavel, foi à pista com um novo carro. O Chevrolet New Onix saiu de cena e deu lugar ao Volkswagen Polo. O catarinense mostrou força e conseguiu resultados importantes, acumulando uma pole, nove presenças na relação dos cinco primeiros colocados e uma volta mais rápida. E mesmo sem ter feito duas etapas, Edu de Paula terminou o campeonato da categoria A na sexta posição.

O sentimento do competidor ao olhar para trás e ver o que construiu é de satisfação. Mas, ao mesmo tempo, De Paula já olha para 2024 com a confiança de que vem aí uma grande temporada, impulsionada pelo prêmio concedido ao campeão Overall (resultado da soma dos campeonatos Endurance e Sprint): o orçamento bonificado para correr na Stock Series em 2025.

“Fiquei feliz com os resultados nesta temporada de estreia, mas fiquei com aquele gosto de ‘quero mais’. Foi muito bacana dividir o carro com vários pilotos que acompanho antes mesmo de estar na categoria. Mas, para 2024, com a premiação valendo vaga na Stock Series, sei que o nível do campeonato vai se elevar a outro patamar. Fico contente de ver vários outros pilotos rápidos chegando na categoria para dar aquela apimentada”, declarou.

O grande objetivo de Edu será justamente em lutar pela taça de campeão geral para dar um almejado passo e correr na categoria de acesso à Stock Car no ano que vem. “Nosso foco neste ano vai ser buscar o título Overall e em tentar superar todos os nossos limites, seja nas provas Endurance ou Sprint”, disse.

Ao falar sobre as corridas de Endurance, uma das grandes novidades do ano na Turismo Nacional, Edu de Paula abriu um sorriso. “Sem sombra de dúvida, gosto muito das corridas no formato Endurance, onde extraímos nosso máximo ao longo de horas de prova. A Vicar, junto com a Turismo Nacional, acertou em cheio nas provas de longa duração”.

Acidente muda rumo da carreira — Muito antes de chegar à Turismo Nacional, a trajetória de Edu de Paula no esporte a motor começou em duas rodas, acelerando desde criança. “Chegar até aqui onde chegamos é muito gratificante e dá sequência a essa história que criamos quando tinha somente nove anos e corria de Velocross [modalidade do motociclismo disputada na terra, mas que, diferente do motocross, não faz uso de obstáculos]”, contou.

Entretanto, os rumos da sua carreira ns pistas sofreram um sério baque depois de uma ocorrência inesperada. “Dediquei boa parte da minha vida para o esporte, mas em 2019 sofri um forte acidente de moto, no qual várias contusões me impossibilitaram de voltar ao mesmo ritmo de antes”, recordou.

Depois de estar recuperado, Edu de Paula optou por mudar das duas para as quatro rodas. No princípio, a paixão pela velocidade na terra falou mais alto, e o catarinense brilhou na modalidade e faturou títulos regionais. “Em 2021 comecei minha carreira nas corridas de velocidade na terra, onde me consagrei campeão paranaense. No ano seguinte continuei na terra e fui campeão catarinense, até que em 2023 recebi um convite para dividir o carro na etapa de Tarumã da Turismo Nacional”, lembra Edu, que falou com carinho da forma como iniciou na categoria dos carros mais vendidos do Brasil.

“Fiz um segundo lugar logo na primeira corrida e, após um bom tempo de ideias com nossa equipe, a Duraline Racing, decidimos que iríamos criar nosso próprio time dentro do campeonato”, concluiu Edu, que terá ao longo da temporada a companhia, nas pistas e no box, do irmão mais velho, Rafael de Paula, que compete na categoria B. Os dois vão acelerar com Volkswagen Polo neste novo campeonato.

A temporada 2024 da Turismo Nacional começa com a disputa da etapa Endurance no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, no dia 24 de fevereiro.

Edu de Paula
Data de nascimento: 07/09/2002 (21 anos)
Naturalidade: Joinville (SC)
Categoria: A
Equipe: Duraline Racing
Carro: Volkswagen Polo
Número: 222
Estatísticas em 2023
Poles: 1
Top-5: 9
Voltas mais rápidas: 1
Classificação no campeonato: 6º (369 pontos)