MotoGP: Quartararo vê pouca melhora na Yamaha após testes

O francês Fabio Quartararo foi o 14º no último teste da MotoGP e não saiu muito contente do ensaio. Para ele, sua equipe ainda está muito atrás das marcas europeias, especialmente a Ducati.

“Foi bom ver 1min51s, mas ainda estamos longe do topo”, disse Quartararo ao site da MotoGP.

“Nós temos muito trabalho a fazer. Espero que possamos encontrar uma solução durante a temporada. Ainda estamos longe, mas foi positivo.”

Em termos de ritmo de corrida, Quartararo também teve um desempenho inferior ao que esperava.

Questionado se um passo à frente para 2024 em seu ritmo de corrida ocorreu, Quartararo afirmou: “na verdade não. Eu estava atrás de Bastianini na simulação de corrida e ele abriu bastante. Temos que dar um passo em algumas áreas, mas temos que pensar positivamente e tentar encontrar uma solução”.

“Esperamos que nos próximos dois meses possamos dar um passo em frente.”

Com Quartararo e Álex Rins com estilos semelhantes, o francês disse que o feedback parecido só ajudará a Yamaha a seguir em frente.

“Penso que temos um feedback semelhante e o fato é que podemos encontrar o limite facilmente na nossa moto”, disse Quartararo.

“Ele está apenas 0s2 atrás de mim e é algo que temos que melhorar juntos. Temos que fazer muitas voltas e a Yamaha tem que entender exatamente isso.”