MotoGP: Pramac acredita que 2024 seja último ano de Jorge Martín na equipe

Depois de por pouco não subir para a equipe de fábrica da Ducati no fim de 2023, algo que ocorreria caso o espanhol fosse campeão mundial, Jorge Martín deve ter sua despedida da Pramac neste ano.

A opinião é do dono do time, Paolo Campinoti.

“Mas são coisas que a Ducati faz, são eles que decidem quem deve ou não ser colocado na equipe oficial”, disse ele sobre o fim de 2023.

“No ano passado, a certa altura, a Ducati voltou a pensar em Jorge, mas fazer isso durante a temporada não foi algo muito positivo porque causou um pouco de distração”.

Campinoti está convencido de que 2024 será a última temporada de Martín na equipe. “Isso é certo”, aponta.

O porém, ele não crê que seu destino vá ser a equipe de fábrica da Ducati: “na minha opinião, ele vai sair. Ele poderia ir para a Honda, eles precisam de um piloto forte e, entre os jovens, ele é sem dúvida quem mais contribui garante”.