MotoGP: Martín diz ter cometido erro de novato em ultrapassagem de Bastianini

Depois de uma queda na corrida sprint de sábado, o espanhol Jorge Martín se manteve na liderança do campeonato da MotoGP com um terceiro lugar na prova de domingo no GP da Itália. No entanto, o sentimento após o resultado foi misto, depois de o piloto ter perdido o segundo lugar para Enea Bastianini na última curva.

“Foi uma corrida interessante”, disse Martin.

“Estou muito feliz olhando de fora agora. É depois de uma grande frustração após a última volta, mas antes da corrida eu teria assinado um pódio.”

“Lutei muito ontem e estava em crise, digamos. Melhoramos muito em relação a ontem e faltando três voltas para o final eu estava super perto do Pecco. Uma coisa é estar perto e outra é estar perto o suficiente para fazer uma ultrapassagem. Não estive tão perto, mas fomos muito mais competitivos do que na temporada passada.”

“Somos sempre competitivos e acho que subi ao pódio todos os fins de semana. Essa pista já tinha o nome do Pecco na quinta, então estar perto é muito positivo.”

Durante a última volta Martin não cometeu nenhum erro visível, embora acredite que poderia ter evitado a passagem de Bastianini.

“Não me lembro se cometi um erro. Você melhora com as experiências que tem e hoje tive uma experiência muito ruim na última curva.”

“Confie em mim, isso não acontecerá novamente no futuro. Acho que um piloto é bom quando ele melhora com os erros.”

“Hoje foi um erro estúpido, como um novato, e no próximo ano, quando chegarmos a Mugello na última volta, estarei sempre na linha branca.”