MotoGP: Márquez vê melhorar classificação como receita para vencer

As duas últimas etapas da MotoGP em 2024 foram um resgate para Marc Márquez. O espanhol saiu de 13º para 2º nas duas corridas na França e de 14º para 2º e 3º nas duas corridas na Catalunha. Após um novo resgate de resultados, ele disse que precisa melhorar sua atuação em classificações.

“Se eu quiser lutar pelo título, preciso largar nas duas primeiras filas como eles”, disse Márquez.

“É um dos alvos, mas é verdade que têm algo mais. Tenho algo em algumas pistas, mas eles são rápidos em todas as pistas. Precisamos entender isso e não podemos estar tão mal nas sextas-feiras, ou com dificuldade no Q1. Mas estar apenas 41 pontos atrás do piloto líder depois de seis corridas… se você me dissesse isso no início da temporada, eu diria ‘onde preciso assinar’.”

“Eu assinaria para terminar entre os três primeiros do campeonato no final da temporada.”

Mas acha que sua atuação na Catalunha foi melhor que a da França.

“Para mim, sim. Em Jerez tive ritmo para vencer, mas não tive confiança para fazer isso. Foi a primeira vez, junto com Austin, que tive ritmo, mas em Austin cometi um erro.”

“Na corrida sprint em Jerez também cometi um erro, por isso não tive essa confiança. Depois, em Le Mans, tive ritmo para vencer e por isso os alcancei. Aqui, não tive ritmo para fazer isso. Eu tinha ritmo para estar entre os cinco primeiros. Largar da 14ª posição é ainda pior.”

“Mas tentei apenas me bem, não perder nenhum ponto de frenagem e tentar ultrapassar os pilotos sem perder tempo, o que é uma das coisas mais importantes numa recuperação. Foi difícil porque alguns deles, como o Morbidelli, usavam muito o pneu traseiro e não consegui ultrapassá-los.”

“Mas então, passo a passo, cheguei ao P5, mas não percebi que estava lutando pelo P3 na última volta porque estava apenas focado nos pilotos. Super feliz por estar em P3, principalmente depois de largar em P14. mas se você quiser lutar com esses dois caras, precisamos melhorar o treino classificatório.”