Ralf Schumacher descarta Ferrari na luta pelo título da F1 2024

Ex-piloto de F1, Ralf Schumacher, vê Ferrari fora da disputa pelo título, apontando erros constantes de Leclerc e Sainz.

Ralf Schumacher, ex-piloto de Fórmula 1, expressou dúvidas sobre as chances da Ferrari de lutar pelo título na próxima temporada. Em suas declarações no podcast Formula For Success, Schumacher criticou os atuais pilotos da equipe, Charles Leclerc e Carlos Sainz, por cometerem “erros bobos”.

A Ferrari, que não conquista um título desde 2008, iniciou a campanha de 2022 fortemente, com Leclerc vencendo duas das três primeiras corridas. No entanto, a equipe enfrentou um período mais desafiador, com a Red Bull e Max Verstappen dominando o campo desde então. A última vez que a Ferrari garantiu um título na F1 foi no Campeonato de Construtores de 2008, e o título mais recente de Pilotos foi entregue por Kimi Raikkonen em 2007. A equipe de Maranello terminou a temporada de 2023 em terceiro no campeonato, caindo uma posição em relação ao ano anterior.

Falando com Eddie Jordan, anfitrião do podcast, Schumacher nomeou Mercedes e Lando Norris da McLaren como potenciais rivais de título para a Red Bull. Questionado se havia deliberadamente deixado a Ferrari de fora, Schumacher respondeu: “Para mim, sim. Pode ser possível, mas ambos os pilotos, você nunca sabe o que vão fazer. Quer dizer, eles estão liderando uma corrida, saem da pista ou se envolvem em acidentes, não necessariamente entre si, mas cometendo erros bobos, o que muitas vezes me surpreende.”

Ele também comentou sobre o trabalho de Fred Vasseur, o chefe da equipe da Ferrari, reconhecendo melhorias na equipe, como menos erros e pit stops eficientes, mas ainda assim, não vê a Ferrari como a maior contendora pelo título. Schumacher concluiu dizendo que será mais fácil julgar as chances da Ferrari após o primeiro teste ou as primeiras duas corridas da temporada.