F1: Verstappen descarta mudança para a Mercedes

Max Verstappen, piloto da Red Bull, dissipou especulações sobre uma possível mudança para a Mercedes na temporada 2025 da Fórmula 1, reafirmando seu compromisso com sua equipe atual. Após rumores surgirem devido à tensão nos bastidores da Red Bull, Verstappen esclareceu que não vê motivos para deixar a equipe que o acompanha desde o início de sua carreira na F1.

Mesmo com o pai de Verstappen, Jos, sugerindo que a presença de Christian Horner poderia desencadear problemas na Red Bull, Max assegurou sua fidelidade até o final do seu contrato, que vai até 2028.

“A minha intenção sempre foi permanecer aqui. É claro que a performance do carro importa, e com as novas regulamentações a partir de 2026, há incertezas, mas eu sabia disso ao assinar meu contrato. A intenção é permanecer enquanto estivermos competitivos”, afirmou o holandês.

Mesmo com a Mercedes tendo tentado contratar Verstappen em 2015, ele enfatizou que o atual domínio da Red Bull mostra que não há opções melhores em outros lugares. O piloto destacou seu contentamento na equipe e a forte performance como razões para permanecer.

Quando questionado sobre a futura parceria da Red Bull com a Ford para o desenvolvimento da unidade de potência a partir de 2026, Verstappen expressou confiança no projeto em andamento, ressaltando que é uma evolução constante.

A vitória de Verstappen no Bahrein, com uma margem de 22 segundos sobre seu companheiro de equipe, Sergio Perez, evidenciou que os problemas nos bastidores não afetaram o desempenho da equipe nas pistas, pelo menos por enquanto.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ o GP da Arábia Saudita com o jornalista Rodrigo França direto de Jeddah.