F1: Verstappen abandona após menos de quatro voltas do GP da Austrália

No GP da Austrália, o que prometia ser uma corrida histórica para Max Verstappen terminou abruptamente em menos de 10 minutos após a largada. O piloto da Red Bull Racing, que almejava sua décima vitória consecutiva, permanecerá com 51 pontos no campeonato mundial. A corrida precoce para o holandês de 26 anos foi encerrada devido a um problema técnico inesperado.

Após apenas três voltas, uma fumaça foi vista emanando de trás do RB20 de Verstappen. A princípio, havia incertezas sobre se o problema era no motor ou nos freios. Contudo, pouco tempo depois, ficou evidente que a falha ocorreu no pastilha de freio traseira direita. A Red Bull divulgou em um comunicado que se tratava de um “problema de freio traseiro”, sem especificar se foi um erro pessoal, má sorte ou alguma outra causa.

Imagens da televisão capturaram o momento em que Verstappen reagia enquanto Paul Monaghan, da equipe, explicava o que exatamente havia acontecido. De qualquer forma, é notório o descontentamento de Verstappen com o ocorrido, marcando um desfecho frustrante para suas expectativas no GP da Austrália.