F1: Segundo Piastri, McLaren precisa evoluir para conseguir pódios constantes

Oscar Piastri reconhece que a McLaren precisa ‘encontrar um pouco mais’ para estar na disputa por pódios de forma regular, e brigar por potenciais vitórias na temporada 2024 da Fórmula 1.

A equipe busca manter o ímpeto do ano passado, quando saiu de um cenário de dificuldades para se tornar uma força frequente nas primeiras colocações.

No entanto, o programa de testes da equipe de Woking na pré-temporada no Bahrein, foi prejudicado por alguns problemas técnicos, sendo a segunda equipe que menos completou voltas, atrás apenas da Williams.

Apesar disso, Piastri acredita que o MCL38 é um passo à frente em relação ao modelo anterior, e confia que a McLaren está bem posicionada para o início da temporada. “Não foram os testes mais fáceis no geral para nós, mas acho que na sexta-feira à tarde fizemos um bom trabalho, o que foi positivo, conseguimos completar muitas voltas”, disse Piastri.

“Estou me sentindo mais confortável do que no início dos testes, mas ainda há um pouco de trabalho a ser feito. Acho que estamos quase lá, mas precisamos extrair um pouco mais de desempenho do carro. Só vamos descobrir o que cada um tem no próximo final de semana, mas o carro parece estar bem. Fiz uma simulação de corrida e me sinto em boa forma, então não está tão ruim”, acrescentou.

No entanto, o australiano, que está entrando em sua segunda temporada na F1, afirma que a McLaren ainda está atrás de Red Bull e Ferrari, que parecem competitivas com seus novos carros. “Eu acho que a Red Bull está um passo à frente de todos. A Ferrari também parece forte, não tanto quanto a Red Bull, mas eles parecem ser a segunda força mais rápida no momento”, continuou.

“Temos um pouco de trabalho para fazer, mas não é um mau ponto de partida. Acho que estamos lá na frente do pelotão, mas se queremos começar a lutar por pódios regularmente e tentar vencer corridas, precisamos encontrar um pouco mais”, finalizou o piloto australiano.