F1: Sainz descontente com oferta de contrato da Ferrari, foco em Leclerc

Carlos Sainz está aparentemente insatisfeito com a proposta de contrato que a Ferrari lhe oferece para além de 2024. Segundo o renomado jornalista italiano Luigi Perna, a equipe de Maranello está cortejando Charles Leclerc para o futuro com um enorme contrato de cinco anos e um salário dobrado de 25 para 50 milhões de euros por temporada até 2029.

Quanto a Sainz, Perna afirma em La Gazzetta dello Sport que, enquanto o espanhol deseja pelo menos um novo contrato de dois anos para 2025 e 2026, a Ferrari está oferecendo apenas uma extensão de um ano. “Leclerc, de fato, chegou a um acordo de longo prazo para ficar mais cinco temporadas em Maranello”, escreve Perna.

Entretanto, as negociações com Sainz estão supostamente mais complicadas, pois a Ferrari quer deixar a porta aberta além de 2025 para iniciar a nova era de regulamentações a partir de 2026 com um novo talento – como Lando Norris da McLaren. “A McLaren, portanto, poderia ser a equipe para a qual Sainz se mudaria no futuro”, afirma Perna, “embora uma vaga na Red Bull também possa se abrir se Sergio Perez sair.”

O foco principal da Ferrari, é claro, é alcançar a Red Bull o mais rápido possível, embora a maioria dos especialistas tenha elogiado o progresso de Frederic Vasseur após sua primeira temporada no comando em Maranello. “Demos um grande passo à frente”, é citado Vasseur, “o que nos apresenta uma visão promissora para o futuro.”

“Mas isso não significa que estaremos lá no início do próximo ano. Não quero ser muito otimista, porque esse foi certamente o nosso maior problema nesta temporada também. Só temos que nos concentrar em nós mesmos sem nos preocupar em vencer o campeonato até realmente fazê-lo.”

Essa situação reflete a dinâmica complexa e em constante mudança no mundo da Fórmula 1, onde as negociações de contrato podem ser influenciadas tanto pelo desempenho na pista quanto pelas estratégias futuras das equipes. Enquanto Sainz enfrenta incertezas em seu futuro com a Ferrari, a equipe se concentra em garantir a permanência de Leclerc a longo prazo, demonstrando o equilíbrio entre manter talentos estabelecidos e buscar novas oportunidades.