F1: Russell diz que Mercedes ainda não encontrou soluções para problemas atuais

George Russell, piloto da Mercedes, expressou preocupação com as recentes dificuldades da equipe na temporada 2024 da Fórmula 1, afirmando que a Mercedes ‘não tem as respostas’ para os problemas enfrentados durante o GP da Arábia Saudita.

Apesar das expectativas positivas com o novo conceito do carro W15, a Mercedes enfrentou problemas de resfriamento do motor no Bahrein, e em Jeddah teve dificuldades em altas velocidades, resultando em sexto e nono lugares.

Russell destacou que a queda de desempenho da Mercedes a cada fim de semana, reflete sua posição atrás de Ferrari e McLaren. O piloto afirmou que a equipe está tentando entender o comportamento do carro, pois apesar de momentos de bom desempenho, a velocidade diminui durante os finais de semana.

O britânico mencionou a complexidade dos carros modernos, juntamente com a dificuldade com os pneus, como fatores desafiadores. Ele reconheceu que a equipe está enfrentando problemas sem respostas claras no momento.

Russell expressou frustração por não conseguir se aproximar o suficiente de Fernando Alonso para ultrapassar durante a corrida em Jeddah. Ele ressaltou a competitividade apertada entre Mercedes, McLaren e Aston Martin, enquanto destaca o claro domínio da Red Bull.

O piloto britânico espera que a situação se estabilize, mas reconhece que a competitividade da F1 permanece apertada, especialmente fora da Red Bull.