F1: Ricciardo responde às críticas com bom desempenho no Canadá

Após receber críticas pesadas do ex-piloto e campeão na Fórmula 1 em 1997, Jacques Villeneuve, Daniel Ricciardo finalmente teve um final de semana para se redimir em Montreal. O australiano conquistou o quinto lugar no grid de largada e marcou quatro pontos ao terminar na oitava posição.

“Foi o primeiro final de semana em que fui bem do começo ao fim”, disse Ricciardo para a imprensa. “Miami foi bom em parte, mas na outra metade não. Então é ótimo estar competitivo de sexta a domingo. Uma corrida assim é muito desgastante mentalmente”, disse o piloto da RB.

Ricciardo se mostrou orgulhoso de sua performance em condições climáticas instáveis. “Nesse tipo de situação, não dá para esperar uma corrida perfeita. Mas sinto que conseguimos um bom resultado mesmo com alguns desafios. Por isso, estou feliz.”

O australiano acredita que as críticas recebidas antes da corrida no Canadá o ajudaram a se motivar. “Só preciso manter o ritmo e acho que aquela energia extra, aquela pequena irritação que trouxe para o final de semana… preciso garantir que ela permaneça e manter esse nível de intensidade. Às vezes, preciso estar um pouco… não sei, como eu disse antes, não sei se é a necessidade de ficar um pouco irritado ou apenas liberar a testosterona, mas acho que isso me ajuda”, acrescentou.

Para Ricciardo, o início da temporada 2024 não foi dos melhores, com pontos conquistados apenas na corrida Sprint em Miami até o oitavo lugar no Canadá. Agora, o australiano espera que este seja um ponto de virada.

“Obviamente, preciso repetir e confirmar isso para provar. Mas sim, definitivamente estou feliz com algumas coisas. Realmente sinto que não é por acaso que este final de semana correu de forma mais tranquila. Então é só garantir que vamos continuar assim, aproveitando esse momento, e me certificar de que estou me responsabilizando, não ficando relaxado e achando que tive sorte. Preciso manter esse foco”, finalizou o piloto australiano.