F1: “Precisamos celebrar o brilhantismo dele, não criticá-lo”, disse Szafnauer sobre Verstappen

O domínio de Max Verstappen na Fórmula 1 divide opiniões. Enquanto parte dos fãs curte a performance impecável do holandês, outros anseiam por mais equilíbrio noa categoria. Otmar Szafnauer, experiente profissional que já comandou equipes como Racing Point, Aston Martin e Alpine, saiu em defesa de Verstappen.

“Não podemos nos livrar de Max. A Fórmula 1 já passou por isso. Ele não será campeão para sempre”, afirmou Szafnauer em entrevista ao Daily Mail. O ex-chefe de equipe relembra a história da categoria, que sempre contou com períodos de hegemonia, como Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

Para Szafnauer, a chegada de novos fãs, em grande parte graças à série da Netflix ‘Drive to Survive’, gera certa preocupação. “Esses fãs estão aprendendo sobre o esporte, e a chave é mantê-los engajados. Será que o domínio de Verstappen afastará esse público? Não sei a resposta. Mas precisamos celebrar o brilhantismo dele, não criticá-lo”, afirmou.

Apesar de reconhecer o talento de Verstappen, Szafnauer torce por um cenário mais equilibrado, idealmente com um companheiro de equipe forte o suficiente para desafiá-lo na Red Bull. Quanto a quem poderia superar o holandês, Szafnauer é cauteloso: “Adoro Lewis, mas ele está em outra fase da carreira. Acho que Lando Norris da McLaren seria um bom rival para Max”, completou.