F1: “Podemos ficar satisfeitos”, diz chefe da Ferrari

Os três dias de testes de pré-temporada da Fórmula 1, terminaram hoje no Circuito Internacional do Bahrein. A Ferrari completou com seus dois pilotos juntos, 423 voltas, o equivalente a mais de sete GPs, e espera estar bem preparada para o GP do Bahrein no próximo final de semana.

Frédéric Vasseur, chefe da equipe: “Podemos ficar satisfeitos com o que alcançamos durante esse teste, tanto em termos da quilometragem percorrida como da quantidade de dados que conseguimos. Além disso, Charles e Carlos ficaram felizes com o andamento das coisas. Foram três dias produtivos, sem problemas técnicos, que é o que mais se deseja, principalmente quando é a única sessão antes do início da temporada. Nosso primeiro objetivo era verificar se o SF-24 tinha um desempenho previsível, não sendo excessivamente sensível às variações das condições externas e se era fácil de pilotar. Pelo que Charles e Carlos disseram e olhando para a consistência do seu desempenho a longo prazo, parece que tivemos sucesso nessa área. É muito importante que o carro se comporte assim, pois significa que o piloto pode compreender rapidamente suas características e tirar o máximo proveito dele. Mas esta é apenas uma sessão de testes e agora só temos que esperar exatamente uma semana, quando estaremos todos juntos de volta à essa pista para a primeira sessão de classicação da temporada. No entanto, sinto que posso dizer que, olhando apenas para o nosso próprio desempenho, começamos com o pé direito. Espero que várias equipes de ponta estejam em um nível muito semelhante e mal posso esperar para ver exatamente como nosso pacote se compara ao de nossos concorrentes”, concluiu.

Charles Leclerc: “Encerramos o nosso terceiro dia de testes, tendo feito um bom número de voltas e completado vários testes diferentes, o que é positivo. O carro está reagindo da maneira que queríamos, mas ainda é difícil avaliar o seu nível de competitividade neste momento. A sensação é melhor do que a base que partimos no ano passado. Agora estou totalmente focado na corrida e mal posso esperar para voltar à pista na próxima semana”, acrescentou.

Carlos Sainz: “Um último esforço aqui em Sakhir, maximizando essas voltas finais antes de prosseguirmos para o GP do Bahrein na próxima semana. No geral, foi um bom dia, apesar da bandeira vermelha que atrapalhou um pouco as coisas, mas aproveitei cada volta com o carro hoje. Testamos muitas configurações diferentes para coletar o máximo de dados possível. O carro parece estar em uma posição decente e estou orgulhoso do trabalho que a equipe fez para completar um programa de testes tão consistente”, finalizou o espanhol.