F1: Piastri fala em emoções divididas após corrida em Miami

Emoções divididas para Oscar Piastri no GP de Miami de Fórmula 1. Enquanto comemorava a vitória inédita do companheiro de equipe Lando Norris, o australiano lamentava a chance perdida de também subir no pódio.

A McLaren introduziu novidades no carro de Piastri para Miami, mas apenas metade do pacote de atualizações estava disponível. O restante virá em Ímola. Mesmo assim, o jovem piloto acredita que o time merecia um resultado ainda melhor.

“Eu acho que a McLaren merecia ter os dois carros lá em cima. Senti que a primeira metade da corrida estava indo muito bem, mas depois meio que desmoronou a partir do safety car. Emoções misturadas para mim, mas obviamente para toda a equipe, é um dia incrível vencer a corrida no ritmo. Foi um pouco de sorte, mas tivemos ritmo forte depois. É muito encorajador para o futuro”, disse Piastri ao Viaplay.

Piastri chegou a liderar a prova por um breve período durante a janela de pit stops. Porém, terminou a corrida apenas na 13ª colocação. “Eu sofri um pouco com o pneu duro, principalmente no tráfego. E não tive exatamente o mesmo ritmo que com o médio. Mas acho que foi um dia encorajador. Se tivesse parado quando Lando parou, quem sabe? Acho que um pódio estava definitivamente ao nosso alcance hoje”, acrescentou o australiano.

A equipe McLaren viveu momentos de nervosismo na reta final da prova. Piastri tentava avançar no pelotão, mas recebeu alertas pelo rádio para segurar o ritmo. A equipe não queria que ele provocasse um safety car que colocasse a vitória de Norris em risco.

O F1MANIA.NET acompanha o GP de Miami ‘in loco’ com os jornalistas Victor D. Berto e Rodrigo França.