F1: Perez que usar Verstappen como inspiração para tentar brigar pelo título

Sergio Perez afirmou que está usando o desempenho dominante de Max Verstappen na temporada 2023 da Fórmula 1, como referência em sua tentativa de disputar o título em 2024.

O mexicano começou a temporada passada de forma positiva com duas vitórias nas primeiras quatro corridas, ficando a apenas um ponto de Verstappen na liderança da classificação de pilotos.

No entanto, apesar de começar da pole position com o companheiro de equipe em 10º, Perez foi derrotado em Miami por Verstappen, que triunfou para iniciar uma sequência de dez vitórias consecutivas.

Um acidente no início do Q3 para o GP de Mônaco, desencadeou um período muito difícil para Perez, onde ele não conseguiu avançar para o Q3 em cinco sessões de classificação consecutivas.

Embora tenha garantido um segundo lugar na classificação final de pilotos, a sua melhor posição na carreira, Perez terminou 290 pontos atrás de Verstappen.

Mesmo assim, o mexicano mantém seu objetivo de disputar o título na F1. “Esse é o principal objetivo para mim, porque já terminei em segundo”, disse ele. “Meu principal interesse é fazer melhor e estou ciente do desafio que é conseguir isso.”

“Sabe, realmente precisamos aproveitar este intervalo entre as temporadas para tentar começar 2024 em alta, e sermos capazes de manter esse nível de consistência durante todo o ano”, acrescentou.

No início da temporada 2023, Perez atribuiu seus problemas com o carro RB19 da Red Bull ao caminho de desenvolvimento que a equipe adotou, que afastou o carro de seu estilo de pilotagem.

“Acho que se trata do carro, de como eu estava usando-o e como posso aproveitar melhor o seu desempenho nos finais de semana, em diferentes circuitos e tudo mais. Acho que progredi muito com meu engenheiro para entender como maximizar o desempenho do carro”, disse ele.

Perez, que afirma que sua relação com Verstappen permanece forte, revela que está analisando a abordagem do holandês para impulsionar suas próprias ambições de título. “Acho que foi um bom ano. Acho que nossa relação é muito boa”, disse Perez.

“Acho que toda a engenharia, quando estamos em todos aqueles briefings por tantas corridas, acho que tem sido bom e temos pressionado às vezes em direções diferentes, mas ao mesmo tempo temos pedido fortemente as mesmas coisas. Então, isso também tem sido positivo para a equipe. Eu acho que tem sido muito melhor, bem acho que sempre foi bom, você sabe, essa foi nossa terceira temporada juntos. Então, tem sido bom.”

“Definitivamente, há coisas que você aprende com ele (Verstappen)”, acrescentou o piloto de 33 anos. “Eu tenho a melhor referência porque ele foi o único que foi tão competitivo. Então, acho que não há mal em olhar para o que ele está fazendo, como está fazendo e tentar aprender e evoluir, ver o que funciona e o que ele está fazendo diferente”, acrescentou.

“Acho que sempre tive uma abordagem muito aberta e acho que é algo que funciona bem. Temos tudo o que precisamos para lutar pelo campeonato no próximo ano. Nossa equipe está muito motivada e com fome de sucesso. Estamos todos empenhados em trazer o título para casa em 2024 e sei que tenho o que é preciso para ser campeão”, encerrou o piloto mexicano.