F1: Perez minimiza vantagem de desempenho da Red Bull

Os primeiros treinos livres da temporada 2024 da Fórmula 1 não foram exatamente fáceis para a Red Bull. Max Verstappen, incomodado por excesso de ar em seu capacete, terminou em sexto nas duas sessões. Sergio Perez não passou do 12º lugar no primeiro treino e foi 10º no segundo. Apesar dos resultados, o mexicano se mostrou confiante.

“Vejo essas sessões como essenciais e interessantes. Temos muito para explorar no carro, o que não foi possível durante os testes (de pré-temporada). Estamos trabalhando no acerto e o positivo é que qualquer mudança parece refletir bem nas simulações de corrida. Nosso único objetivo é deixar o carro mais equilibrado, o que nos ajudará na sessão de classificação e na corrida”, afirmou Perez.

Após a pré-temporada, surgiram rumores de que a Red Bull estaria um segundo à frente das demais equipes. Os treinos em Sakhir indicaram um equilíbrio maior, já que nenhum dos pilotos da equipe liderou as tabelas de tempo. Perez comentou sobre essas especulações.

“Foi como esperávamos. Muita gente falava que estávamos um segundo na frente após os testes, o que me fez sorrir porque sabia que seria bem mais disputado. O grid está bem competitivo, e a classificação na sexta-feira à noite será apertada”, afirmou o piloto mexicano.

O companheiro de equipe de Perez, Verstappen, apesar do desempenho aquém do esperado, também se mostrou otimista. O holandês acredita que várias equipes usaram potência máxima do motor durante os treinos livres, o que deve deixar a sessão de classificação mais equilibrada do que se previa inicialmente.