F1: Ocon reforça treinamentos para longa temporada em 2024

Esteban Ocon está delineando um plano de recuperação intensivo para a temporada 2024 da Fórmula 1. O piloto da Alpine afirmou que irá retornar ao seu centro de treinamento após cada GP, visando uma recuperação rápida.

Com um recorde de 24 corridas no calendário deste ano, a importância da recuperação rápida dos pilotos é evidente. Originalmente planejada para 2023, a temporada de 24 corridas foi reduzida devido ao cancelamento das corridas na China e Ímola no ano passado.

Em 2024, os vinte pilotos do grid enfrentarão uma temporada ainda mais desgastante. O GP do Bahrein será realizado em 02 de março, e a temporada se encerrará em Abu Dhabi no início de dezembro, totalizando mais de nove meses de viagens globais para equipes e pilotos. Com seis corridas Sprint no calendário, algumas pessoas argumentam que os pilotos e as equipes enfrentarão o equivalente a trinta corridas ao longo do ano.

A fadiga torna-se uma preocupação significativa em uma temporada tão extensa, como evidenciado por diversos pilotos no final do ano passado. Estar em boa forma é crucial para Ocon, especialmente considerando que ele está atualmente sem contrato para 2025 e é especulado como possível piloto da Mercedes.

Ocon está intensificando seu trabalho de recuperação para enfrentar os desafios que se aproximam, confiante de que isso permitirá retomar seus treinos e deveres com a Alpine de forma mais rápida.

“A recuperação (após as corridas) será uma parte crucial,” afirmou Ocon ao RacingNews365. “Este ano, vou retornar ao meu centro de treinamento após cada corrida, onde tenho dispositivos de recuperação. Farei muitas coisas para me recuperar mais rápido, voltar ao trabalho e treinar rapidamente. Isso será positivo, sem grandes distrações.”

O piloto francês, que enfrentou problemas de saúde no final do ani passado, está otimista após intensa preparação no intervalo entre as temporadas, incluindo duas horas diárias no simulador. “É difícil com esses vírus superfortes. Eu tenho treinado bem e me sinto bem. Me desenvolvi em várias áreas. Agora estou correndo por duas horas no simulador todas as noites”, encerrou o francês.