F1: Norris diz ser “uma honra” parabéns de Trump por vitória em Miami

Lando Norris exaltou a presença de Donald Trump no box da McLaren durante o GP de Miami. Inclusive, com a visita do ex-presidente dos EUA justamente no final de semana de sua primeira vitória na F1, o britânico chegou a destacar o respeito pela figura.

O Hard Rock Stadium serviu de palco para o comparecimento bastante surpreendente do político estadunidense. O norte-americano, cercado por um forte esquema de segurança, se fez presente no paddock a convite da equipe papaya, conversando com os dirigentes e tirando fotos nas instalações do time.

Então, sob os olhos de Donald, Norris subiu pela primeira vez ao degrau mais alto do pódio. Demorou 110 corridas até alcançar o resultado, mas enfim veio após uma parte final extremamente dominante em Miami.

Falando sobre Trump, Lando comentou que “para ser honesto, não o vi na garagem. Estava ocupado me preparando para a corrida. Mas ele me viu depois, veio para me cumprimentar.”

“Então, acho que é uma honra porque sempre que se tem alguém assim, tem de ser uma honra eles virem até você, tirar tempo de suas vidas, para prestar respeito pelo que você fez. Ele disse que foi meu amuleto da sorte pela vitória. Então, não se se vai visitar mais corridas”, continuou.

“Mas há muitas pessoas especiais e legais que estiveram aqui no final de semana. Donald é alguém que você tem muito respeito de diferentes maneiras. Para qualquer pessoa que reconhece o que você pode fazer e reconhece a ética de trabalho que envolve as coisas, você tem que ser grato por isso, e eu estava”, seguiu.

“Foi um momento legal, é isso”, concluiu.