F1: Mercedes considera opções “inovadoras” para preencher vaga deixada por Hamilton

Com Hamilton de saída para a Ferrari, Mercedes explora opções surpreendentes para 2025

Toto Wolff, da Mercedes, afirmou que não será “apressado” na decisão de quem substituirá Lewis Hamilton, que deixará a equipe no final da temporada de 2024 para a Ferrari, abrindo uma das vagas mais cobiçadas na Fórmula 1. Mesmo com a performance da Mercedes em declínio na era dos efeitos aerodinâmicos de solo, Wolff está aberto a uma “decisão ousada”.

Entre os possíveis candidatos estão Alex Albon, fortemente ligado à vaga, ao lado de George Russell, assim como Esteban Ocon, Carlos Sainz (quem Hamilton está substituindo na Ferrari), e até mesmo Fernando Alonso, com o protegido interno da Mercedes, Andrea Kimi Antonelli, também sendo considerado.

Diferente de 2017, quando Nico Rosberg anunciou sua aposentadoria de forma surpreendente, Wolff agora tem um ano para avaliar candidatos para o assento, indicando que Russell, em sua terceira temporada com a equipe, se tornará o líder da equipe.

Wolff expressou apoio total a Russell como futuro líder da equipe, enfatizando sua base sólida, talento e inteligência. A escolha para o segundo assento, segundo ele, requer tempo e não deve ser apressada, apesar de algumas contratações recentes que poderiam ter sido consideradas interessantes terem sido perdidas devido ao timing.

Wolff valoriza a mudança como uma oportunidade, comparando a situação à saída inesperada de Rosberg e afirma estar ansioso para tomar as decisões corretas em conjunto com seus colegas. A experiência de Russell, competindo de igual para igual com Hamilton nas últimas duas temporadas, oferece conforto na decisão para o segundo assento, mas Wolff ainda não refletiu com a equipe sobre optar por um piloto novato ou experiente.

Andrea Kimi Antonelli, atual esperança da Mercedes subindo na escada júnior, é brevemente mencionado como um possível candidato para 2025. Wolff enfatiza a importância de Antonelli se concentrar na F2, protegendo o jovem piloto de especulações e pressões prematuras.

A decisão de substituição na Mercedes promete ser cuidadosamente considerada, com Wolff buscando equilibrar potencial, experiência e o futuro dinâmico da equipe após a saída de uma de suas estrelas mais brilhantes.