F1: McLaren encerra testes no Bahrein com otimismo cauteloso para 2024

Após três intensos dias de testes de pré-temporada no Bahrein, a equipe McLaren Formula 1 apresenta um misto de otimismo e cautela. Lando Norris e Oscar Piastri, juntamente com o chefe de equipe Andrea Stella, compartilharam suas impressões e perspectivas para a temporada que se aproxima.

Norris expressou satisfação com o progresso alcançado, apesar de alguns contratempos esperados durante os testes. A equipe conseguiu coletar dados valiosos, essenciais para o aprimoramento contínuo do carro. “Estou feliz com o que alcançamos nos últimos três dias e me sinto pronto para o início da temporada”, disse Norris, destacando a importância da preparação e do entendimento do carro.

Piastri, por sua vez, desfrutou de uma sessão produtiva e divertida no último dia, destacando a importância dos trabalhos de simulação de corrida, algo raramente praticado em testes. “Estamos em boa forma e mais ou menos onde esperávamos estar”, comentou Piastri, ansioso e pronto para o primeiro desafio da temporada.

Andrea Stella refletiu sobre os últimos dois anos de testes de inverno, marcados por inconsistências e problemas de confiabilidade, reconhecendo uma melhora significativa este ano. “Este ano a situação está muito melhorada”, afirmou Stella, apesar de admitir que nem todos os planos de voltas puderam ser completados devido a bandeiras vermelhas e problemas técnicos.

A equipe McLaren encara o Grande Prêmio do Bahrein com prudência, ciente dos avanços feitos por outras equipes e das particularidades da pista que podem não favorecer completamente seu carro. Stella aproveitou para agradecer ao empenho de toda a equipe, tanto na pista quanto em Woking e na HPP, pelo trabalho árduo durante os testes.

“É hora de descansar, redefinir e revisar tudo antes da primeira corrida da próxima semana”, concluiu Stella, projetando um início de temporada desafiador, mas promissor para a McLaren. A equipe, agora, volta suas atenções para a qualificação no próximo sábado, ansiosa para descobrir sua posição na disputa acirrada da F1 em 2024.