F1: Marko sinaliza com oportunidade em 2025 para Lawson

Liam Lawson está fadado a mais um ano de espera por sua chance na Fórmula 1. Com todos os lugares ocupados para 2024, o talentoso neozelandês precisará adiar o sonho de voltar ao grid como piloto titular. Helmut Marko, consultor da Red Bull, jogou alguma esperança para o piloto, lembrando que o contrato de Sergio Perez termina no final de 2024.

Essa perspectiva no horizonte reserva o cenário perfeito para Lawson. O jovem piloto teve sua primeira experiência oficial em um carro de F1 em 2023, substituindo o machucado Daniel Ricciardo na AlphaTauri, após seu acidente no segundo treino livre de Zandvoort onde fraturou a mão esquerda, e participou de alguns GPs. Lawson teve um bom desempenho, mas não o suficiente para garantir um lugar definitivo na próxima temporada.

Apesar da negativa para 2024, Marko deixou uma brecha aberta. Com a iminente saída de Perez no final de 2024, a porta da AlphaTauri, ou da própria Red Bull, pode se abrir para Lawson. O consultor prometeu um lugar para o neozelandês em 2025, mas com uma ressalva: “Isso mesmo, mas antes disso ele terá que participar de mais algumas corridas para que possamos ver o quão alto é seu potencial.”

Essa afirmação de Marko revela a estratégia da Red Bull: Lawson ainda precisa passar por alguns ‘testes de fogo’ para confirmar seu talento. Mais corridas, seja em outras categorias ou oportunidades pontuais na F1, definirão se o jovem está pronto para ocupar o cockpit de uma das equipes mais vitoriosas do grid da F1.

A espera, portanto, é parte do plano. Com a promessa de 2025 no horizonte, Lawson precisa focar em crescer e provar seu valor nas pistas. A Red Bull observa atentamente, desde que o neozelandês consiga manter a promessa de seu talento.