F1: Hamilton quer tornar a diversidade uma prioridade na Ferrari

Lewis Hamilton se tornou um protagonista na luta pela diversidade na Fórmula 1 nos últimos anos. Na Mercedes, sua atual equipe, o piloto já conseguiu implementar várias melhorias. Agora, o foco do britânico é levar essa mesma mentalidade para sua próxima casa, a Ferrari.

Há tempos, Hamilton vem cobrando mais diversidade na Fórmula 1, tanto dentro das pistas quanto nos bastidores das equipes. Para isso, o piloto criou diversos projetos e dedica tempo e recursos financeiros à causa.

O heptacampeão está na Mercedes há muito tempo, e por isso, já conseguiu implementar progressos significativos em relação à diversidade. “Primeiro, estou muito orgulhoso do trabalho que fizemos na Mercedes. Desde 2020, demos grandes passos para melhorar a diversidade dentro da equipe. Por exemplo, temos um time de RH diverso, e isso continuará assim, mesmo após a minha saída, o que me deixa muito satisfeito. Como eu disse, estou orgulhoso da equipe por ter se empenhado tanto. Acredito que estamos à frente de todas as outras equipes nesse quesito.”

No entanto, o piloto britânico não está satisfeito com o panorama geral da diversidade na categoria. “Ainda há muito trabalho a ser feito em toda a Fórmula 1. Estou conversando constantemente com Stefano (Domenicali, CEO da F1) e procurando trabalhar mais com a categoria”, acrescentou.

A partir de 2025, Hamilton vai correr pela Ferrari. A equipe italiana ainda tem um longo caminho pela frente nesse sentido, mas o piloto de 39 anos já iniciou as conversas sobre o tema. “E claro, olhando para a Ferrari, eles têm muito trabalho a fazer nessa área. Já tornei isso uma prioridade nas conversas com John (Elkann, presidente da Ferrari), e eles estão animados para começar a trabalhar nisso também”, encerrou o britânico.