F1: Haas anuncia saída de Guenther Steiner

A equipe Haas de Fórmula 1 anunciou uma grande mudança em sua liderança, com a saída de Guenther Steiner do cargo de chefe de equipe, posição que ocupava desde a entrada da equipe no grid em 2016. Steiner desempenhou um papel crucial no desenvolvimento da Haas, levando a equipe a um impressionante quinto lugar no Campeonato de Construtores em 2018. No entanto, nos últimos anos, a Haas enfrentou desafios, terminando na última posição na temporada passada.

Para substituir Steiner, a Haas promoveu Ayao Komatsu, que antes atuava como Diretor de Engenharia. Essa mudança reflete o desejo da equipe de fortalecer seu foco em engenharia e design para melhorar o desempenho na pista.

Gene Haas, proprietário da equipe, expressou sua gratidão a Steiner pelos serviços prestados e destacou a importância de renovar o foco da equipe. “Ao nomear Ayao Komatsu como chefe de equipe, temos fundamentalmente a engenharia no coração de nossa gestão”, afirmou.

Com o objetivo de se recuperar de uma campanha desafiadora, a Haas aposta em Komatsu para reerguer a equipe. “Tivemos alguns sucessos, mas precisamos ser consistentes na entrega de resultados que nos ajudem a alcançar nossos objetivos mais amplos como organização”, continuou Gene Haas. “Precisamos ser eficientes com os recursos que temos, mas melhorar nossa capacidade de design e engenharia é fundamental para nosso sucesso como equipe.”

A Haas entra na temporada 2024 de Fórmula 1 com a mesma formação de pilotos do ano passado, mantendo Kevin Magnussen e Nico Hulkenberg. A equipe espera que a liderança renovada e o foco aprimorado em engenharia possam trazer resultados positivos e um avanço significativo no competitivo mundo da Fórmula 1.