F1: Gunther Steiner prevê mudanças drásticas na F1 em 2025

Com contratos de 12 pilotos terminando em 2024, Steiner vê uma grande chance para novos talentos

Guenther Steiner, chefe da equipe Haas, fez uma previsão ousada sobre a composição do grid da Fórmula 1 para a temporada de 2025. Após uma temporada de 2023 sem alterações e a expectativa de um grid estático para 2024, Steiner acredita que até um quarto dos pilotos atuais podem ser substituídos por novos nomes em 2025.

Falando com Craig Slater em um segmento do almoço de Natal da Sky F1, Steiner enfatizou a grande oportunidade para jovens pilotos em 2025. “Alguns dos atuais podem parar ou não terão o desempenho esperado, e ninguém os contratará. Alguns verão uma melhor oportunidade em arriscar com um jovem piloto”, explicou Steiner.

Ele também citou o exemplo de Oscar Piastri, que impressionou em sua temporada de estreia com a McLaren, como um modelo para o sucesso de novatos na F1. Piastri frequentemente se igualou ao seu experiente colega de equipe, Lando Norris, particularmente na classificação, e até conseguiu uma vitória na corrida sprint no Catar.

Steiner acredita que o sucesso de Piastri pode encorajar as equipes a dar mais oportunidades a pilotos novatos, usando o australiano como referência para avaliar o potencial de outros estreantes. “Todos estavam com medo de novatos, mas Piastri chegou e foi bom imediatamente”, destacou.

Com a possibilidade de várias vagas se abrindo no grid de 2025 devido ao fim dos contratos de vários pilotos, Steiner prevê uma grande mudança na composição dos pilotos, possivelmente com três, quatro ou cinco novos pilotos se juntando à F1.