F1: Fisichella aposta em prodígio de 17 anos na Mercedes para substituir Hamilton

Quem será o sucessor de Lewis Hamilton na Mercedes a partir da temporada 2025 da Fórmula 1, ainda é um mistério. Enquanto nomes experientes como Fernando Alonso surgem nas especulações, o ex-piloto de F1, Giancarlo Fisichella, aposta em uma opção ousada: o jovem italiano de 17 anos, Kimi Antonelli.

Antonelli, que já foi chamado de ‘Max Verstappen do futuro’, chamou a atenção ao conquistar os pontos necessários para a superlicença da F1 nas categorias F4 e Regional. Agora, estreia na F2 como um dos favoritos ao título em 2024.

Mesmo com o talento indiscutível do jovem piloto, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, adota uma postura mais cautelosa: “Precisamos ser cuidadosos com o ‘hype’ em torno do Kimi. A F2 é um grande salto, e não queremos pressioná-lo. Se lhe dermos tempo, pode se tornar um grande piloto, mas com apenas 17 anos, as especulações sobre a F1 não ajudam.”

No entanto, Fisichella vê potencial de sobra em Antonelli: “Acho que a Mercedes deveria contratá-lo. Ele é muito rápido e já muito bom. Eu adoraria vê-lo lá”, afirmou o italiano.

A escolha do sucessor de Hamilton promete agitar os bastidores da categoria. Enquanto Wolff prefere aguardar a evolução de Antonelli na F2, Fisichella defende um movimento audacioso da Mercedes. Afinal, um talento como esse não surge todos os dias, e quem sabe, a equipe alemã pode estar diante de um próximo campeão de Fórmula 1.