F1: FIA vai visitar fábricas das equipes sem aviso prévio

A FIA, responsável pelas regras da Fórmula 1 e órgão regulador do automobilismo mundial, está planejando fazer visitas às fábricas das equipes da categoria, sem um aviso prévio aos times.

Existem várias regras que as equipes de F1 devem cumprir durante as operações de fábrica, desde testes em túnel de vento e tempo de CFD, até restrições de limite de custos e uso de pessoal terceirizado.

Devido a estes fatores, a FIA faz visitas regulares às fábricas da F1 para garantir que tudo está sendo conduzido dentro das diretrizes dos regulamentos.

No entanto, o Diretor de Monolugares da FIA, Nikolas Tombazis, afirmou que deseja agilizar este processo, para garantir que as equipes sejam verificadas de forma mais robusta e sem falhas.

“Queremos basicamente não ter um aviso prévio (das visitas)”, disse Tombazis ao Autosport. Na situação atual, a FIA avisa com bastante antecedência às equipes sobre quaisquer visitas, o que facilita as coisas para quem deseja encobrir qualquer atividade antidesportiva.

“Não achamos que deveríamos avisar com antecedência, mas sim apenas entrar pela porta e dizer: ‘Quero ir ver o túnel de vento agora, ou algo assim’,” disse ele.

“Em cerca de 10/15 minutos, queremos chegar ao ponto em que nos interessa. Não precisamos esperar no portão por mais uma hora ou algo assim”, acrescentou.

Até pouco tempo, a equipe de inspetores de fábrica da FIA estava desfalcada de pessoal, o que obviamente não ajudava na realização do trabalho. “Há muito tempo que pretendíamos expandir a equipe de inspetores de fábrica, mas estávamos com um pouco de falta de pessoal”, afirmou Tombazis.

“Recentemente, atingimos o número alvo dessa equipe e agora isso nos permite visitar as equipes aproximadamente a cada duas ou três semanas”, encerrou.

Um item recente nos regulamentos da F1 que exigirá maior fiscalização, gira em torno dos carros de 2.026. Durante o final de semana do GP de Abu Dhabi, a Comissão de F1 decidiu que nenhum trabalho deveria ser realizado na próxima geração de carros, antes do início de 2025.

Os regulamentos esportivos para a temporada de 2024 foram posteriormente atualizados, impedindo as equipes de realizar qualquer trabalho em túnel de vento ou de CFD nos carros de 2026, até 01 de janeiro de 2025.

Visitas à fábrica sem aviso prévio e uma equipe reforçada de inspetores da FIA, contribuirão para garantir que as equipes cumpram este regulamento mais recente, além de todos os outros.