F1: Ex-piloto faz comparação entre Ferrari e Red Bull

A Red Bull entra na temporada 2024 como a grande referência da Fórmula 1, e inevitavelmente, surgem comparações com as demais equipes, incluindo a Ferrari.

O ex-piloto de F1, Anthony Davidson analisou para a Sky Sports o novo SF-24 de Charles Leclerc e Carlos Sainz. “O carro parece bom de pilotar, mas talvez ainda desgaste demais os pneus em corrida. É nisso que as outras equipes precisam melhorar em relação ao ano passado”, disse Davidson.

Em seguida, ele comparou as duas equipes: “Em comparação com a Red Bull, o carro da Ferrari ainda ‘salta’ bastante. É um problema que eles não conseguiram solucionar completamente. A parte dianteira sobe e desce, e essa inconsistência na altura da carroceria impacta a estabilidade nas curvas. Parece que ainda não resolveram isso, o que vejo como um ponto fraco na filosofia de design da Ferrari.”

“Quando olho para o carro da Red Bull, mesmo na reta, o comportamento é muito bom. Isso beneficia muito a performance aerodinâmica do carro, mas também o piloto, pois ele pode escolher o ponto de frenagem sem a cabeça balançando. Não é como antes (no auge do ‘porpoising’), mas se você também puder dar ao piloto um pouco mais de conforto, vai extrair mais desempenho não só do carro, mas também dele”, concluiu.

A análise de Davidson levanta um ponto interessante, a estabilidade do carro e seu impacto no desempenho do piloto. Será que a Ferrari conseguirá superar essa limitação e se aproximar da Red Bull em termos de dirigibilidade? A resposta pode ser crucial para as disputas em 2024.