F1: Ex-engenheiro da Ferrari fala sobre dificuldades para superar a Red Bull

Luca Baldisserri, ex-engenheiro da Ferrari, que trabalhou com um dos maiores pilotos da história da Fórmula 1, Michael Schumacher, comentou a temporada 2023 da categoria, destacando que a Ferrari esteve em um nível aceitável, mas incapaz de desafiar a supremacia da Red Bull, especialmente com Max Verstappen ao volante.

Com apenas uma vitória para a Ferrari (no GP de Singapura com carlos Sainz), enquanto a Red Bull conquistou todas as outras vitórias no ano, Baldisserri analisou a performance da equipe italiana. Ele destacou que ao avaliar um carro de F1, olha para o desempenho do segundo piloto, e nesse sentido, observa que a performance da Ferrari não ficou muito aquém da Red Bull, especialmente considerando o desempenho de Sergio Perez.

“Quando analiso um monoposto, sempre o faço olhando para o desempenho do segundo piloto. E nesse sentido, fica ainda mais claro que o desempenho da Ferrari não foi muito inferior ao de Perez na Red Bull. O outro carro estava à frente porque era pilotado por um ‘extraterrestre’,” afirmou Baldisserri.

O engenheiro comparou o atual domínio de Max Verstappen à época de Schumacher na Ferrari, ressaltando a dificuldade de competir com um talento excepcional. Essa observação lança luz sobre os desafios que equipes como a Ferrari enfrentam na busca pela supremacia na F1, mesmo quando estão em um nível competitivo.