F1: Depois de invasão na pista no Canadá, promotora do GP é convocada pelos comissários

A Octane Racing Group, promotora do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 em 2024, foi convocada pelos comissários da FIA após uma invasão da pista por espectadores antes do final da corrida.

De acordo com o relatório da convocação, a promotora deverá se apresentar aos comissários para explicar a ‘invasão da pista por espectadores antes da conclusão do GP do Canadá de 2024’. A reunião está marcada para às 17:40 (horário local) de hoje, após a corrida emocionante que teve Max Verstappen conquistanado a vitória no Circuito Gilles Villeneuve.

A segurança dos espectadores e pilotos é fundamental para a FIA, e invasões de pista são um tema delicado.

Invasões de pista têm sido um tema de debate recentemente. No GP da Austrália de 2023, torcedores invadiram o circuito de Albert Park enquanto os carros ainda estavam na pista. Alguns fãs chegaram a tocar no carro da Haas de Nico Hulkenberg, o que resultou na proibição da tradicional invasão de pista em Melbourne para a corrida deste ano.

Um incidente semelhante aconteceu após a vitória de Verstappen no GP de São Paulo em 2023, onde alguns fãs pularam as cercas enquanto a pista ainda estava ativa.

Manter os fãs longe da pista durante a corrida é essencial para a segurança de todos os envolvidos, e é uma responsabilidade dos promotores dos GPs, tornando a investigação dos comissários sobre o ocorrido em Montreal bastante compreensível.