F1: Como Bernie Ecclestone ajudou Adrian Newey após incidente grave

A assistência crucial de Ecclestone na recuperação de Newey após fraturas no crânio

Adrian Newey, o renomado designer da Red Bull, revelou a assistência crucial que recebeu de Bernie Ecclestone, ex-chefe da F1, e de sua ex-esposa Slavica, após sofrer múltiplas fraturas no crânio em um acidente de bicicleta na Croácia, no verão de 2021. Sua esposa Amanda descreveu sua recuperação como “nada menos que milagrosa”, mencionando que quase perdeu “o amor de sua vida”.

Newey, que inicialmente minimizou o incidente como “particularmente bobo”, precisou de tratamento em um país estrangeiro. Amanda entrou em contato com Ecclestone, que usou suas conexões para encontrar um leito hospitalar. No entanto, quando surgiu um leve risco de complicações, foi feita outra ligação para levá-lo de volta ao Reino Unido o mais rápido possível.

Em uma entrevista ao podcast Formula For Success, Newey explicou que após o acidente, ele não estava bem e Amanda contatou Bernie, que então acionou sua ex-esposa Slavica, que por sua vez contatou o primeiro-ministro da Croácia. Isso resultou em um movimento rápido para admiti-lo em um hospital em Split. A descrição de Newey sobre o hospital era de um ambiente semelhante a Stalingrado dos anos 1960.

Os médicos propuseram uma operação urgente devido ao risco de perda de uso do olho, mas com um risco de dano cerebral de 5 a 10%. Diante disso, Newey pediu para ser retirado do local. Com a ajuda de Bernie, Fabi, Christian e Joe Macari, Newey conseguiu retornar ao Reino Unido, onde foi operado. Este incidente destaca a importância de ter pessoas de confiança ao redor e como as conexões de Ecclestone foram fundamentais para o tratamento e recuperação de Newey.