F1: Cidade de Osaka quer GP em circuito urbano

A cidade de Osaka, no Japão, quer entrar na briga para sediar um GP de Fórmula 1, trazendo a categoria para a terceira maior metrópole do país. De acordo com relatos, a ideia é criar um circuito de rua na Ilha Yumeshima, construída artificialmente na Baía de Osaka.

Desde 2009, o GP do Japão acontece exclusivamente no icônico circuito de Suzuka, adorado por pilotos e fãs. No entanto, o governador de Osaka, Hirofumi Yoshimura, expressou interesse em competir pela atenção da F1, vendo Yumeshima, que receberá a ‘Exposição Mundial de 2025’, como palco ideal.

“Nós adoraríamos realizar o GP de Osaka de F1”, declarou Yoshimura em uma coletiva de imprensa. “Se conseguirmos atrair investimentos globais, poderemos alcançar coisas que atualmente não conseguimos no Japão. Corridas em circuitos de rua podem ser possíveis em Yumeshima. Seria difícil usar asfalto comum, mas devemos desenvolver pistas de melhor qualidade.”

Hiroshi Mizohata, presidente do Escritório de Turismo de Osaka, reforçou a possibilidade: “A Fórmula 1 se transformou em um modelo de negócios viável para o setor privado. Não é mais apenas uma corrida, mas um programa de entretenimento completo. Se superarmos cada etapa, podemos atrair interessados.”

Ainda não está claro se uma futura candidatura de Osaka ameaçaria a posição de Suzuka no calendário. O contrato atual do circuito termina após o GP do Japão deste ano, em abril. Porém, Suzuka, que estreou na F1 em 1987, já compartilhou o protagonismo em outras ocasiões.

Fuji sediou o GP do Japão quatro vezes, incluindo a memorável final de 1976 que consagrou James Hunt como campeão. O circuito também foi palco da corrida em 1977, 2007 e 2008. Fora de Suzuka, o Japão recebeu provas da F1 no Circuito Internacional de Okayama (1994 e 1995), no GP do Pacífico.

Com o calendário da F1 expandindo para 24 etapas em 2024, a concorrência por novos eventos é alta. Caso Osaka seja bem-sucedida, a corrida japonesa se juntaria à crescente tendência de circuitos de rua na categoria. Em 2023, Las Vegas estreou, elevando o número de corridas de rua para oito no calendário, e há rumores de que o GP da Espanha em Barcelona possa migrar para Madri com um traçado urbano.