F1: Bottas descarta contrato curto e busca projeto a longo prazo

Valtteri Bottas tem futuro incerto na Fórmula 1 em 2025. O piloto finlandês, cujo contrato com a Sauber (futura Audi, a partir de 2026) termina no fim da temporada 2024, revelou que não tem interesse em acordos de curta duração.

Com a chegada de Nico Hulkenberg na equipe no próximo ano, Bottas deve mesmo deixar a equipe. A possibilidade de ser substituído por Carlos Sainz reforça essa ideia. Diante disso, o finlandês busca um projeto de longo prazo para seu futuro na F1.

“Eu preciso de estabilidade. Preciso de um projeto com metas claras para os próximos anos”, afirmou Bottas ao RacingNews365. “Não estou interessado em um contrato de um ano apenas para estar na categoria. Quero algo estável, com objetivos que possamos perseguir juntos.”

Bottas foi flagrado conversando com James Vowles, chefe da Williams, durante o final de semana do GP da Emília-Romanha. A Williams foi a equipe que deu a Bottas a chance de estrear na F1, em 2013. O finlandês também é cogitado na Alpine e Haas, que podem ter duas vagas disponíveis para 2025.

Apesar de priorizar projetos a longo prazo, Bottas não descarta totalmente a permanência na Sauber/Audi. No entanto, a chegada de Hulkenberg e a troca de seu engenheiro de corrida indicam que o time já planeja o futuro sem o finlandês.