F1: Aston Martin aposta em inovação e eficiência para o AMR24

Novas mudanças prometem manter equipe na luta pelo desenvolvimento durante a temporada

A Aston Martin detalhou como seu carro de Fórmula 1 para 2024 representa uma “forte evolução” em relação ao seu antecessor, garantindo também que mudanças consideráveis foram adotadas.

A equipe de Silverstone visa melhorar após uma campanha encorajadora no último ano, na qual acumulou 255 pontos a mais do que em 2022.

Apesar de ter sido a maior ameaça ao domínio da Red Bull no início da temporada, a competitividade da Aston Martin diminuiu enquanto combatia atualizações problemáticas.

No entanto, a Aston Martin conseguiu se recuperar de sua situação difícil no meio da temporada nas etapas finais, e o Diretor Técnico Dan Fallows explicou como a equipe construiu a partir disso.

“Então, fizemos mudanças em todo o carro. Ele é muito diferente em muitos aspectos”, disse Fallows a jornalistas.

“A maioria das partes foi alterada. Mas, essencialmente, ainda é uma forte evolução do carro do ano passado. Então, construímos a partir do final do AMR23.

“As mudanças óbvias que você verá são coisas como o nariz dianteiro e a asa frontal. A carroceria será diferente. Há também, obviamente, bastante coisa sob o capô, mas obviamente tentaremos manter parte disso em segredo.

“A disposição da suspensão dianteira é semelhante ao que tínhamos no AMR23 – um sistema de push rod. Herdamos uma nova suspensão da Mercedes, eles obviamente nos fornecem o câmbio e a estrutura da suspensão traseira, então isso mudou um pouco em relação ao ano passado também. Então, há uma mudança na traseira, mas a frente é muito similar.”

Fallows admitiu que um foco crítico do trabalho para 2024 foi garantir que a equipe construa um pacote que permaneça competitivo em uma variedade de tipos de circuitos.

“Mesmo com as regulamentações estáveis, há infinitas possibilidades para refinamento”, avaliou.

“Eu chamaria o AMR24 de uma forte evolução do carro do ano passado e ele realmente parece bastante diferente, com muitas peças novas para nos dar uma plataforma sólida para desenvolvimento.

“O design do chassi é novo, assim como o nariz, a asa frontal, a suspensão dianteira e a suspensão traseira.

“Queremos competir na corrida pelo desenvolvimento nesta temporada, e este carro é projetado exatamente para isso.

“Outra área de foco tem sido ampliar a janela operacional do carro. Focamos em mais versatilidade para uma gama mais ampla de características específicas de circuito.

“Queremos um carro de corrida que seja mais completo. Acreditamos que o AMR24 fornece a plataforma ideal para o desenvolvimento durante a temporada e um desafio sustentado ao longo do ano.”

Dan Fallows sugeriu que a Aston Martin prestou atenção especial ao assoalho de sua máquina, pois é uma área que será crucial para suas perspectivas nesta temporada.

“O assoalho é a maior área de geração de downforce em um carro de F1 e está constantemente sendo evoluído. Acertar isso será de extrema importância para nosso sucesso em 2024”, acrescentou.

Fernando Alonso declarou no final do ano passado que reduzir o arrasto excessivo para melhorar a velocidade em linha reta foi uma fraqueza no AMR23 que precisava ser resolvida para 2024.

Perguntado se a marca britânica teve sucesso em entregar isso, Fallows respondeu: “Fernando é, como ambos os nossos pilotos, bastante vocal sobre o que ele quer ver no carro, como o carro está se comportando, e na verdade esse é o tipo de feedback que realmente apreciamos. Isso é exatamente o que queremos saber, como eles sentem que o carro pode ir mais rápido. Acho que é isso que os grandes pilotos podem realmente te dizer, onde o carro vai ser mais rápido.

“Certeza que a velocidade em linha reta e garantir que o carro seja o mais eficiente possível tem sido um grande foco durante o inverno. Acho que isso é algo que conseguimos alcançar no carro deste ano e demos um passo nisso.”