F1: Alpine tem péssimo desempenho no Bahrein

A Alpine teve uma péssima sessão de classificação para o GP do Bahrein de Fórmula 1. O novo carro da equipe teve um desempenho muito fraco, o que resultou em seus pilotos terminando no final do grid, com Esteban Ocon em P19 e Pierre Gasly em P20.

Ocon: “Já esperávamos que seria difícil na sessão de classificação e foi esse o caso. É importante percebermos onde precisamos melhorar com este carro. Como falei no rádio, tenho fé e confiança na equipe para seguir evoluindo. Melhoramos o carro durante todos os testes e durante as sessões de treinos até agora neste fim de semana, porém não foi o suficiente para avançar para a segunda parte da qualificação. Amanhã será uma corrida longa e acho que estaremos mais próximos dos outros do que em corridas curtas. Vamos tentar fazer uma corrida limpa, tentar progredir no pelotão e ver onde vamos terminar”, concluiu.

Gasly: “Sabíamos que não seria um início de temporada fácil, e claro, é sempre difícil enfrentar quando você sai já no Q1. Da minha parte, provavelmente não maximizamos tudo hoje na sessão. Foi uma volta muito complicada com o trânsito e os pneus não estavam em boa janela para um tempo de volta ideal. Dito isto, teria sido difícil avançar muito mais. Sabemos onde estamos e a equipe está se esforçando ao máximo e trabalhando excepcionalmente para continuar trazendo melhorias ao carro. Mais importante ainda, estamos unidos como equipe. Para amanhã, muita coisa sempre pode acontecer no dia da corrida. Tentaremos maximizar tudo o que temos em mãos e tirar o melhor proveito disso. Continuaremos pressionando até o fim”, encerrou o francês.