F1: Alonso solta indireta para a Alpine

Fernando Alonso protagonizou uma das grandes surpresas da temporada 2023 da Fórmula 1. Trocou a Alpine, então considerada equipe de meio do grid, pela Aston Martin, que despontou como frequentadora de pódios na primeira metade do ano. A retrospectiva só reforça sua sensação de acerto com a mudança.

Ao relembrar os contrastes entre as duas equipes, Alonso deixa escapar uma crítica ao seu antigo time: “Sim, a Aston Martin é bem diferente da Alpine. Acredito que essa equipe está muito focada em vencer e competir nos próximos anos. Isso não significa que não queiramos vender carros, e isso ajudará todo o projeto. Mas a prioridade é vencer na Fórmula 1, e o resto virá naturalmente.”

Essa declaração pode ser interpretada como uma indireta à estratégia da Alpine, que, mesmo lutando no meio do grid, ainda prioriza o marketing e a venda de carros. De acordo com Alonso, na Aston Martin, o ambiente respira ambição e dedicação apenas à conquista de vitórias.

“Acho que a equipe é jovem, muito motivada e pronta para abraçar o próximo capítulo do projeto. Desde que Lawrence Stroll chegou com seu ambicioso projeto, todos estão completamente comprometidos. Adoro quando todos estão focados em vencer e correr”, disse o bicampeão.

Essa sintonia entre Alonso e a Aston Martin parece forte, e o piloto confia no caminho trilhado: “Tem sido um bom encaixe. Como você disse, a equipe é muito jovem, muito motivada e pronta para abraçar o próximo capítulo do projeto. Estou feliz quando todos estão dedicados a uma missão, dedicados a vencer e focar em correr”, finalizou o espanhol.