AMIKA MX5 Cup: Vitórias inéditas de Guilherme Moresco e Matheus Brito em Lime Rock

AMIKA MX5 Cup 2024/2 @ Lime Rock

A penultima etapa do AMIKA MX5 Cup nesta temporada 2024/2 foi nesta segunda-feira (13), no circuito de Lime Rock, em noite onde Guilherme Moresco (Cel Energia) e Matheus Brito (Equipe Conffiance) surpreenderam em duas vitórias inéditas.

A primeira corrida foi mais cadenciada e teve Marcos Paiva e Jamison Sampaio no pódio, com vitórias de Matheus Brito na PROAM, e Cid Villaça (HUB Racing) na AM. Já a segunda corrida foi tumultuada ao extremo, com Matheus levfando a melhor sobre Davi do Carmo e Jamison Sampaio, enquanto na AM brilhou a estrela de João Schubert (Torresmo Racing).

A disputa pelo título terá na etapa final Jamison Sampaio como franco favorito somando 306, a frente de Lorenzo Pfeifer (229). Na PROAM, Matheus Brito (185) também tem a vantagem frente a seus rivais Weslley Avilla (123) e Glenio Lobo (108). Na classe AM, a briga é mais acirrada entre Maicon Baggio (64), Cid Villaça (54), e Marcus Soares (39), mas todos tem chances matemáticas. Já entre as escuderias, a CFPM Sampaio virou o jogo com 468, contra 432 da Cel Energia, 408 da We e-ProGP, e 329 da HUB Racing.

Matheus Brito foi o pole position, com vantagem mínima sobre Lorenzo Pfeifer, enquanto o Top 5 ficou completo com Nicholas Pimenta, Cid Villaça, e Jamison Sampaio. Confira o grid completo de largada a seguir.

Classificação
1 Matheus Brito (Equipe Conffiance), 56.504
2 Lorenzo Pfeifer (Cel Energia), 56.523
3 Nicholas Pimenta (HUB Racing), 56.598
4 Cid Villaca (HUB Racing 2), 56.628
5 Jamison Sampaio (CFPM Sampaio), 56.686
6 Guilherme Moresco (Cel Energia), 56.687
7 Marcos Paiva (W2 e-ProGP), 56.694
8 Weslley Avilla (HUB Racing 3), 56.698
9 Davi do Carmo (CFPM Sampaio), 56.738
10 Matheos Pires (Curva 7 Competition), 56.762
11 Andre Tunes (CFPM Sampaio 2), 56.875
12 Junior Rinaldo (Independente), 56.906
13 Lucas Reva (Shark Racing), 56.915
14 Eduardo Brasil (BlueMacaw Motorsports), 56.921
15 Felippe Senne (HUB Racing), 56.941
16 Glenio Lobo (CFPM Sampaio 2), 56.953
17 Raul Diniz (Independente), 56.986
18 Thiago Buesa (Equipe Conffiance), 56.994
19 Gabriel Guimaraes (Equipe Conffiance), 56.998
20 Wilson Oliveira (HUB Racing 2), 57.008
21 Mathias de Valle (Cel Energia), 57.020
22 Andre Luigi (Torresmo Racing), 57.100
23 Maicon Baggio (Independente), 57.107
24 Fernando Costa (GARCOST Team Racing), 57.216
25 Matheus Kisner (Independente), 57.281
26 Joao Schubert (Torresmo Racing), 57.689
27 Ricardo Mello (Independente), 57.726
28 Marcus Soares (One More Racing Team), 57.807
29 Guilherme Martoszat (Curva 7 Competition), 57.918
30 Samuel Thor (Cel Energia 2), 58.211
31 Gabriel Kenji (W2 e-ProGP), sem tempo
32 Elvis Reis (W2 e-ProGP 2), sem tempo
33 Douglas De Marchi (Independente), sem tempo
34 Erik Queiroz (Torresmo Racing), sem tempo
35 Paulo Tosta (HUB Racing), sem tempo
36 Guilherme Szczypior (Curva 7 Competition), sem tempo

O número de carros estourando 5 ou 10 pontos de punição deixou alguns bons candidatos a pódio no fundo do grid, já que ficavam sem fazer a classificação. Lá na frente, boa largada com Brito, Pfeifer, Pimenta, Sampaio, e Paiva eram os cinco primeiros, não se desgrudando por um longo tempo.

Mais atrás, alguns incidentes deixaram alguns nomes para trás, enquanto Gabriel Kenji teve problemas de conexão pouco antes da largada, retornou com seis voltas de desvantagem, mas foi subindo aos poucos de posição, ganhando de quem já havia abandonado.

No retorno dos pit stops, Paiva se deu bem retornando a frente de Moresco e o rival da Cel Energia imediatamente inciiando o duelo pela ponta. Sampaio, Pimenta e Brito retornaram na sequência, mesta ordem.

O tráfego começou a surgir em maior proporção nos minutos finais, e Marcos chegou a levar um susto com um deles, na mesma volta em que Moresco conseguiu a ultrapassagem que lhe garantiu a vitória.

Jamison Sampaio completou o pódio, enquanto Nicholas Pimenta e Matheus Brito fecharam o grupo dos cinco primeiros. O Top 10, que se inverte no grid da corrida seguinte, teve Cid Villaça, Davi do Carmo, Lorenzo Pfeifer, Junior Rinaldo, e Andre Tunes.

A classe PROAM foi praticamente dominada por Brito, mas no resultado final sua vantagem sobre Junior Rinaldo não foi tão grande. Já na classe AM, Villaça, sexto, ficou bem a frente dos concorrentes – Andre Luigi e Samuel Thor, respectivamente 16º e 17º, foram os colocados seguintes.

Matheus Kisner, que saiu do 25º lugar e fechou em 13º, foi um dos destaques na recuperação. Andre Luigi (de 22º a 16º), Samuel Thor (de 30º a 17º), e Elvis Reis (de 32º a 19º) foram outros destaques.

Bateria 1 – Final, 30 minutos
1 Guilherme Moresco (Cel Energia), 31 Laps
2 Marcos Paiva (W2 e-ProGP), -00.140
3 Jamison Sampaio (CFPM Sampaio), -01.840
4 Nicholas Pimenta (HUB Racing), -03.312
5 Matheus Brito (Equipe Conffiance), -04.729
6 Cid Villaca (HUB Racing 2), -06.623
7 Davi do Carmo (CFPM Sampaio), -06.729
8 Lorenzo Pfeifer (Cel Energia), -08.778
9 Junior Rinaldo (Independente), -13.606
10 Andre Tunes (CFPM Sampaio 2), -15.212
11 Glenio Lobo (CFPM Sampaio 2), -16.620
12 Eduardo Brasil (BlueMacaw Motorsports), -25.718
13 Matheus Kisner (Independente), -33.540
14 Matheos Pires (Curva 7 Competition), -36.689
15 Wilson Oliveira (HUB Racing 2), -37.637
16 Andre Luigi (Torresmo Racing), -51.270
17 Samuel Thor (Cel Energia 2), +1 laps
18 Felippe Senne (HUB Racing), +1 laps
19 Elvis Reis (W2 e-ProGP 2), +1 laps
20 Fernando Costa (GARCOST Team Racing), +1 laps
21 Paulo Tosta (HUB Racing), +2 laps
22 Guilherme Szczypior (Curva 7 Competition), +2 laps
23 Marcus Soares (One More Racing Team), +3 laps
24 Gabriel Kenji (W2 e-ProGP), +6 laps
25 Joao Schubert (Torresmo Racing), +10 laps
26 Raul Diniz (Independente), +11 laps
27 Mathias de Valle (Cel Energia), +13 laps
28 Lucas Reva (Shark Racing), Abandono (11)
29 Douglas De Marchi (Independente), Abandono (11)
30 Maicon Baggio (Independente), Abandono (7)
31 Weslley Avilla (HUB Racing 3), Abandono (5)
32 Guilherme Martoszat (Curva 7 Competition), Abandono (2)
33 Thiago Buesa (Equipe Conffiance), Abandono (1)
34 Ricardo Mello (Independente), Abandono (1)
35 Gabriel Guimaraes (Equipe Conffiance), Abandono (0)
36 Erik Queiroz (Torresmo Racing), Abandono (0)
Volta mais rápida: Matheus Brito, 0:56.109

A segunda corrida foi bem mais confusa. Enquanto mais atrás o habitual pelotão acaba mostrando incidentes devido a proximidade entre os carros, lá na frente a coisa também foi tumultuada.

Incidentes na liderança mudaram os rumos da corrida. Davi do Carmo, Nicholas Pimenta, e Cid Villaça se envolveram em disputas mais fortes com Lorenzo Pfeifer. O piloto da Cel Energia abandonou a prova e deu adeus às chances de título.

Matheus Brito foi o grande vencedor: mesmo sendo um PROAM, ele está num nível PRO rumo a temporada seguinte, mostrando mais um grande resultado.

Davi do Carmo e Jamison Sampaio completaram o pódio, seguidos por Felippe Senne e Elvis Reis. Ainda entre os 10 primeiros, receberam a bandeira quadriculada Weslley Avilla, Andre Tunes, Gabriel Guimarães, Gabriel Kenji (em sua etapa de pura recuperação), e Junior Rinaldo.

João Schubert foi o grande vencedor na classe AM, em ótima atuação com o 12º lugar, entrando na briga pelo título da classe.

Bateria 2 – Final, 30 minutos
1 Matheus Brito (Equipe Conffiance), 31 Laps
2 Davi do Carmo (CFPM Sampaio), -01.442
3 Jamison Sampaio (CFPM Sampaio), -04.262
4 Felippe Senne (HUB Racing), -09.057
5 Elvis Reis (W2 e-ProGP 2), -09.712
6 Weslley Avilla (HUB Racing 3), -17.116
7 Andre Tunes (CFPM Sampaio 2), -21.840
8 Gabriel Guimaraes (Equipe Conffiance), -38.368
9 Gabriel Kenji (W2 e-ProGP), -42.885
10 Junior Rinaldo (Independente), -51.277
11 Wilson Oliveira (HUB Racing 2), -53.988
12 Joao Schubert (Torresmo Racing), -57.162
13 Matheus Kisner (Independente), -57.572
14 Ricardo Mello (Independente), +1 laps
15 Fernando Costa (GARCOST Team Racing), +1 laps
16 Samuel Thor (Cel Energia 2), +1 laps
17 Marcus Soares (One More Racing Team), +1 laps
18 Maicon Baggio (Independente), +1 laps
19 Cid Villaca (HUB Racing 2), +1 laps
20 Eduardo Brasil (BlueMacaw Motorsports), +6 laps
21 Glenio Lobo (CFPM Sampaio 2), +7 laps
22 Raul Diniz (Independente), +14 laps
23 Mathias de Valle (Cel Energia), +15 laps
24 Guilherme Martoszat (Curva 7 Competition), Abandono (13)
25 Lucas Reva (Shark Racing), Abandono (10)
26 Andre Luigi (Torresmo Racing), Abandono (10)
27 Lorenzo Pfeifer (Cel Energia), Abandono (10) [+40s]
28 Nicholas Pimenta (HUB Racing), Abandono (9)
29 Marcos Paiva (W2 e-ProGP), Abandono (5)
30 Paulo Tosta (HUB Racing), Abandono (4)
31 Guilherme Moresco (Cel Energia), Abandono (2)
32 Matheos Pires (Curva 7 Competition), Abandono (1)
33 Douglas De Marchi (Independente), Abandono (1)
34 Guilherme Szczypior (Curva 7 Competition), Abandono (0)
35 Thiago Buesa (Equipe Conffiance), Abandono (0) [+5s]
36 Erik Queiroz (Torresmo Racing), Abandono (0)
Volta mais rápida: Matheus Brito, 0:56.038

O AMIKA MX5 Cup terá sua grande final no dia 27 de maio, às 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na EllevenTV.

O F1BC Esports tem parcerias oficiais com BMW, MINI, Heineken, Realdrive, Grid Experience Club, CriaPubli, Curva 7, M7Help, AMIKA, MonteCapri, Elleven TV, F1 Mania, Aliança Contra Incêndio, e F1 Brasil.