Graham Rahal fica em último no Bump Day e está fora da Indy 500

Graham Rahal está fora das 500 Milhas de Indianápolis. O piloto foi o mais lento do Bump Day, realizado na noite deste domingo (21) no Indianapolis Motor Speedway após marcar uma média horária de 229.159 milhas na sequência de quatro voltas rápidas. O piloto da RLL repete a marca negativa do pai e dono da equipe, Bobby Rahal, que ficou de fora da prova mais importante da Indy há 30 anos.

Rahal deu apenas uma série de voltas, se mantendo na 33ª colocação do grid até a quarta e última tentativa de Jack Harvey, um de seus companheiros de equipe, que conseguiu uma média de 229.166 milhas em uma saída para a pista que ocorreu quando restavam apenas 1min30s para o encerramento do Bump Day.

A sessão contou com outros dois pilotos. Christian Lundgaard, também piloto da RLL, foi o mais veloz com uma média de 229.649 milhas horárias, e vai largar da 31ª colocação, abrindo uma última fila que terá ainda Sting Ray Robb, piloto da Dale Coyne que partirá em 32º, além de Harvey, que fecha o grid com o 33º posto.

Logo mais, a partir das 18h, será realizado o Fast Six, fase final da classificação das 500 Milhas de Indianápolis. A corrida será disputada no próximo domingo.

Confira como foi o Bump Day

O primeiro a andar no Bump Day foi Christian Lundgaard, que anotou uma média de 229.649 milhas por hora em sua sequência de quatro voltas rápidas. A atividade seguiu com Sting Ray Robb fazendo seus primeiros giros, mas sem conseguir alcançar o ritmo do dinamarquês, marcando 229.549 milhas de média horária.

A primeira rodada seguiu com Jack Harvey partindo para a pista, mas obtendo um desempenho ainda pior em relação aos concorrentes, marcando uma média de 228.477 milhas horárias. Graham Rahal completou a primeira rodada da classificação, cravando uma média de 229.159 para tomar a terceira posição da atividade e o 33º posto geral.

Harvey voltou para a pista para uma segunda tentativa, mas andou devagar, longe de tentar buscar tempo para garantir uma vaga no grid. O inglês voltou para a pista, mas novamente não conseguiu ganhar posições, ficando com uma média de 228.929 milhas horárias.

Restando 1min30s para o final da sessão, Harvey voltou para a pista para a sua última tentativa de voltas rápidas, e aí conseguiu melhorar sua média de velocidade ao marcar 229.166 milhas horárias, garantindo a classificação e eliminando Graham Rahal da Indy 500.