Horner admite pressão em cima de Pérez: “Normal na F1”

Christian Horner não fez questão de poupar as palavras ao falar sobre Sergio Pérez e a pressão da F1. O chefão da Red Bull destacou que é óbvio que a lupa está em cima do mexicano, apesar de o time não considerar se livrar do competidor no momento.

O anúncio da renovação e Checo veio antes do GP do Canadá e pegou muitos de surpresa por ser um contato para duas temporadas. Mas desde o GP de Mônaco que o competidor tem deixado a desejar, somando apenas dez pontos em cinco etapas.

Os boatos obviamente começaram a circular pelo paddock e muitos apontam que apesar de renovado, Pérez pode ser chutado ainda no meio do campeonato, apontando nomes como Daniel Ricciardo e Liam Lawson como possíveis substitutos – inclusive, o neozelandês vai testar um carro de 2022 da AlphaTauri em Ímola.

Portanto, é claro que os chefões da Red Bull estão de olho na performance do piloto de testes nos últimos dias. Mas mesmo com o piloto se saindo bem e Checo ainda sem conseguir entregar resultados, sua vaga na equipe está garantida. “O teste de aerodinâmica de Liam já estava programado há alguns meses”, disse Horner.

“Checo, está sob pressão, isso é normal na F1. E quando está deixando de entregar, essa pressão apenas acumula. E ele sabe disso, está ciente. Neste final de semana, nada realmente foi de sua maneira”, completou.