F1: Sainz diz que vitória de Russell na Áustria mostra que Ferrari “precisa trabalhar duro”

Carlos Sainz acredita que a Mercedes deu um salto de desempenho na temporada da F1. Para o espanhol, o resultado do GP da Áustria do final de semana apenas mostra que a Ferrari precisa trabalhar duro caso queira terminar à frente do time alemão.

Na prova do último final de semana, o piloto conseguiu beliscar um pódio para a escuderia de Maranello após o entrevero entre Max Verstappen e Lando Norris. Entretanto, o competidor avaliou que caso fosse algumas provas mais no início do campeonato, talvez o time italiano estaria mais na briga pela vitória, e não o triunfo de George Russell.

“Isso prova que as duas últimas semanas não foram fáceis. Sempre fomos a primeira Ferrari terminando à frente da primeira Mercedes. Mesmo se contar o Canadá, pode argumentar que foram três finais de semana em sequência”, comentou.

“Então, acho que Red Bull e McLaren estão em uma outra liga. Depois, há esse degrau. Havia George e eu batalhando pela terceira, quarta colocação. E, sim, não era essa a situação no começo do ano. Então, mostra que precisamos trabalhar duro”, continuou.

“Precisamos entender o que aconteceu nas últimas corridas. E uma vez que entendermos, espero que já para Silverstone possamos dar um passo e melhorar nosso desempenho”, concluiu.