F1: Max Verstappen faz história no GP do Catar; McLaren se destaca

Max Verstappen não apenas consolidou seu terceiro título mundial no último sábado, mas também entrou para os livros de história no Grande Prêmio do Catar, disputado no Circuito Internacional de Lusail. Com uma performance impecável, Verstappen quebrou diversos recordes, enquanto outros pilotos e equipes tiveram desempenhos notáveis.

Destaques e Recordes de Verstappen:

– O holandês da Red Bull conseguiu sua 14ª vitória consecutiva após largar da pole, a sequência mais longa da história da Fórmula 1.
– Durante a corrida, Max superou o recorde de Sebastian Vettel ao liderar o maior número de voltas em uma única temporada, alcançando 739 voltas com ainda cinco corridas para o término de 2023.
– Max continua sua incrível sequência de pontuação em 36 corridas consecutivas, a segunda mais longa de todos os tempos.
– Ele já venceu em 24 circuitos diferentes, ultrapassando Michael Schumacher e ficando atrás apenas de Lewis Hamilton, que tem vitórias em 31 circuitos.
– Verstappen agora lidera o campeonato de pilotos com uma vantagem de mais de 200 pontos, com a maior margem já registrada ao final de uma temporada sendo 155 pontos, estabelecida por Vettel em 2013.
– Este GP do Catar marcou o 10º “hat-trick” de Verstappen – vitória, pole position e volta mais rápida – superando o total de Juan-Manuel Fangio. Ele agora fica atrás apenas de Jim Clark, Lewis Hamilton e Michael Schumacher neste quesito.

Outros Destaques do GP:

– Oscar Piastri, da McLaren, conquistou o segundo lugar, seu melhor resultado até agora. Após sua vitória no Sprint no sábado, esta colocação só reafirma seu talento emergente.
– Lando Norris, companheiro de equipe de Piastri, garantiu o P3. Isso significa que a McLaren conseguiu um duplo pódio em corridas consecutivas pela primeira vez desde os GPs do Canadá e da Europa em 2010.
– O resultado de Norris e Piastri deixa a McLaren apenas 11 pontos atrás da Aston Martin na luta pelo quarto lugar no campeonato de construtores.
– George Russell finalizou em quarto, mesmo após um contato com seu colega de equipe da Mercedes, Lewis Hamilton, na primeira curva. Russell, até agora, só esteve no pódio uma vez em 2023, na Espanha.
– Charles Leclerc, da Ferrari, terminou em quinto, marcando seu quarto top 5 consecutivo, mas sem subir ao pódio.
– Fernando Alonso, após conquistar o P6 pela Aston Martin, está a apenas 11 pontos atrás de Lewis Hamilton na luta pelo terceiro lugar no campeonato de pilotos.

Desempenhos Notáveis:

– Sergio Perez, mesmo terminando em décimo, mantém a segunda posição no campeonato de pilotos, com 30 pontos à frente de Lewis Hamilton.
– Ambos os pilotos da Alfa Romeo, Valtteri Bottas e Zhou Guanyu, tiveram ótimos resultados, sendo esta a primeira vez que ambos pontuam na mesma corrida em 2023.
– Lewis Hamilton teve um dia para esquecer, retirando-se na primeira volta de uma corrida pela sexta vez em sua carreira na F1.