F1: Incêndio no Paddock: Membro da equipe McLaren hospitalizado por precaução

Um incêndio no paddock do Grande Prêmio da Espanha de F1, em Barcelona, resultou na hospitalização de um membro da equipe McLaren na manhã deste sábado. O incidente ocorreu pouco antes do início do TL3, quando um possível curto-circuito na cozinha da unidade de hospitalidade da McLaren deu início ao fogo.

O incêndio provocou uma rápida evacuação não apenas da unidade McLaren, mas também das instalações vizinhas da Alpine e da Pirelli. Os bombeiros locais responderam prontamente e conseguiram controlar as chamas em poucos minutos.

Em comunicado oficial, a McLaren confirmou que um membro da equipe foi levado ao hospital para exames de precaução, enquanto todos os demais funcionários e convidados foram contabilizados sem ferimentos. A equipe expressou sua gratidão pelo apoio e assistência recebidos.

“Esta manhã, um incêndio foi detectado em nosso Team Hub no circuito, o Team Hub foi evacuado de todo o pessoal e convidados, e os serviços de emergência do circuito atenderam ao local em minutos. Os serviços de emergência do circuito e o departamento de bombeiros local desde então extinguiram o incêndio,” afirmou a McLaren em nota à mídia.

“Um membro da equipe McLaren foi levado ao hospital por precaução, e todo o pessoal e convidados da McLaren estão contabilizados. Gostaríamos de agradecer a todos os fiscais e serviços de emergência por sua resposta rápida e profissional,” acrescentou.

“Também gostaríamos de agradecer à Fórmula 1, à FIA e aos nossos concorrentes que se ofereceram para ajudar nossa equipe e convidados neste fim de semana,” finalizou.

O incidente não causou maiores transtornos à programação do Grande Prêmio, mas serviu como um lembrete da importância das medidas de segurança nos eventos de grande porte. A McLaren e a comunidade da Fórmula 1 mostraram solidariedade e eficiência na gestão da emergência, garantindo a segurança de todos os presentes.