F1: Hamilton pessimista sobre seu próprio desempenho: “Desastroso”

Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, mostrou desânimo com seu desempenho na sessão de classificação sprint durante o fim de semana do Grande Prêmio da Áustria de F1. O britânico se classificou em sexto lugar, ficando quase seis décimos atrás do tempo de pole position de Max Verstappen.

Desde que a Mercedes encontrou melhorias com suas atualizações no Canadá e na Espanha, Hamilton tem sido crítico de seu próprio desempenho. O heptacampeão mundial chegou a descrever sua corrida no Canadá como uma das piores de sua carreira na Fórmula 1.

Durante a sessão de classificação na Áustria, Hamilton se criticou por seus erros. No SQ1, os pilotos tinham apenas um conjunto de pneus médios disponíveis. Hamilton cometeu um erro logo na primeira curva de sua volta inicial, mas persistiu. No entanto, ele saiu da pista novamente, resultando na exclusão de seu tempo de volta. Isso o colocou em uma desvantagem imediata, levando-o a questionar pelo rádio se havia avançado para o SQ2.

“Eu não estava na disputa de forma alguma. Toda a sessão foi desastrosa do meu ponto de vista. Os treinos foram bons. O carro estava bom. Eu não acho que tínhamos o ritmo para estar na pole, mas as voltas foram muito ruins”, disse Hamilton à F1TV após a sessão.

Hamilton tentará recuperar o terreno perdido durante o sprint no sábado, mas admite que a maior parte de sua atenção estará na qualificação para o Grande Prêmio. “Eu não acho que ultrapassar é fácil aqui, mas vamos dar o nosso melhor. Não é geralmente uma corrida cheia de eventos, então o foco será em conseguir uma qualificação melhor amanhã,” finalizou.