F1: Ferrari afirma que novas atualizações não são consequência do GP do Canadá

A Ferrari irá introduzir um novo pacote de atualizações para o carro em Barcelona, mas, segundo a equipe, as mudanças não estão relacionadas ao mau desempenho do SF-24 no GP do Canadá, onde nenhum dos seus pilotos terminaram a corrida. 

O novo pacote estava previsto para ser introduzido em Silverstone, mas a equipe italiana decidiu antecipar a atualização para o GP da Espanha. 

Jock Clear, Engenheiro Sênior de Performance da Ferrari, afirmou que as novas atualizações para Barcelona não são um resultado do mau desempenho que a equipe teve em Montreal. 

“Acho que já falamos no passado sobre o quão sutis são alguns dos efeitos na aerodinâmica, especialmente na parte traseira do carro, e isso foi feito em paralelo com Imola, então não é uma reação a Imola, se é que me entende”. 

“Esta sempre foi uma atualização programada que está em paralelo. Portanto, o fato de trazermos isso aqui, como disse agora para a TV, desde que funcione como esperamos, e recentemente tivemos correlações muito boas, então não temos motivo para acreditar que não funcionará. Portanto, desde que funcione como esperamos hoje, isso é uma boa confirmação de que entendemos o que está acontecendo com este carro”.

“Não precisávamos esperar, e acho que mencionei isso da última vez que conversamos, não precisamos esperar pelo pacote de Imola e dizer, OK, o que isso faz? Sempre soubemos o que o pacote de Imola faria, e ele fez o que deveria fazer. Em paralelo, também estávamos analisando o próximo passo além disso, e é isso que você vê aqui”.

Quando novas peças são introduzidas ao carro, a tendência das equipes é usá-las em apenas um dos carros, para poderem fazer uma comparação com as peças antigas. Mas a Ferrari optou por não fazer isso no TL1, pois não teriam tempo o suficiente.

“Achamos que estamos muito melhores, e sabemos que estamos muito melhores no último ano, em termos de gerenciamento de pneus, colocando energia nos pneus, retirando energia dos pneus, cuidando da degradação dos pneus, e, portanto, temos alguma confiança na direção que estamos seguindo”.

“Se colocarmos este pacote aqui, não vamos conseguir avaliar isso aqui. Não vamos poder dizer, ‘OK, Charles está usando o assoalho antigo hoje, Carlos está usando o novo assoalho pela manhã, você pode ver claramente a diferença nos pneus’. Não vamos poder fazer isso, porque as diferenças são muito sutis. Você não tem voltas suficientes, você não tem exatamente as mesmas condições, porque um piloto estará dirigindo de forma ligeiramente diferente”.

“Então, não vamos poder avaliar isso, mas vamos procurar por qualquer sinal de alerta que diga, ‘oh, na verdade, isso não está dando o que você esperava’. Desde que não vejamos nada fora do comum, vamos assumir por enquanto que estamos ainda seguindo na direção certa. E este é, suponho, o cerne de como as mudanças no desenvolvimento das pessoas, aqueles, o que chamamos, indicadores de baixa frequência são realmente difíceis de ver de uma corrida para outra”.

“Então, vai demorar três, quatro corridas, e então você pensa, na verdade, estamos começando a parecer muito ruins na degradação dos pneus, talvez tenhamos seguido o caminho errado”.

Clear também explicou como Barcelona especificamente tem um bom circuito para analisar o carro e suas mudanças. 

“Barcelona é um circuito fantástico para avaliar um carro, então, se você puder, sempre vai querer vir para Barcelona com um pacote”.

“É por isso que fazemos a pré-temporada aqui, e como resultado, temos muita experiência aqui que nivela todas as outras variáveis para nós, e você tem uma boa leitura sobre um pacote”. 

“Então, é sempre um bom lugar para vir. Honestamente, porque o pacote de Imola foi um bom passo, acho que talvez isso estivesse programado para mais tarde, porque essa sequência tripla de corridas oferece três boas oportunidades. Áustria e Silverstone também são muito boas. Mas, sim, adiantamos um pouco”.

“Apenas porque está muito próximo no momento, e se você puder vir uma corrida mais cedo, na verdade, os ganhos são dobrados, efetivamente, porque sempre é uma corrida, não é? Então, não é apenas o que nossa atualização está fazendo, é o que outras pessoas estão fazendo, e se pudermos apenas obter uma atualização um passo antes dos outros, então você leva isso adiante um pouco”.

O engenheiro de performance foi questionado sobre o que essa nova atualização vai significar, e respondeu: “Quando quantificamos uma atualização, estamos falando apenas de desempenho. Isso é o que importa no final do dia. Podemos falar de alguns números interessantes que o departamento de aerodinâmica produz, mas quanto tempo de volta isso produz é sempre nossa medida.”