F1: Briatore retorna à Alpine como conselheiro após escândalo do Crashgate

Flavio Briatore, ex-chefe de equipe da Benetton e Renault, está prestes a retornar à F1 com a Alpine como conselheiro.

Briatore teve de renunciar o seu antigo cargo na Fórmula 1 devido ao seu envolvimento no escândalo do Crashgate – quando, no GP de Singapura de 2008, Nelson Piquet Jr. bateu propositalmente para ajudar Fernando Alonso, seu companheiro de equipe, a vencer.

O ex-chefe de equipe tinha sido suspenso da F1 por tempo indeterminado, mas em 2010, sua suspensão foi revogada, e agora, o italiano volta para trabalhar como conselheiro na Alpine, antes Renault – equipe que Briatore chefiou. Um comunicado oficial sobre a nomeação de Briatore pela Alpine é aguardado.