F1: Allison vê futuro promissor para Antonelli

A Mercedes parece ter encontrado seu piloto para o futuro. Com a mudança de Lewis Hamilton para a Ferrari a partir a temporada 2025 da Fórmula 1, a equipe alemã deve apostar em Andrea Kimi Antonelli para ocupar a vaga na próxima temporada.

Com apenas dezessete anos, o italiano vem impressionando a equipe com seus testes em carros de F1 antigos da Mercedes. Apesar de não estar envolvido na decisão final sobre os pilotos, o diretor técnico James Allison se mostrou animado com a possibilidade de trabalhar com Antonelli.

“Ele está fazendo vários testes com o nosso carro de 2021 e está indo muito bem”, disse Allison ao podcast ‘Beyond the Grid’ da F1. “É ótimo saber que teremos um jovem talento como ele na equipe em breve. Se o talento existe, a idade não importa.”

Allison citou o caso de Oliver Bearman, companheiro de Antonelli na F2, que brilhou na Arábia Saudita como substituto de Carlos Sainz na Ferrari, e conquistou um ótimo P7, como prova de que jovens pilotos podem se adaptar rapidamente à categoria.

“Ser novato na F1 é um grande desafio. Haverá muita pressão, mas se o piloto tiver habilidade e temperamento, ele dará conta do recado. Tudo indica que Kimi terá sucesso. É um grande desafio, mas com talento, ele vai superar”, afirmou Allison.

Antonelli pode até mesmo estrear na F1 ainda nesta temporada, antes de completar 18 anos em agosto. A FIA já aprovou a redução da idade mínima para correr na categoria de 18 para 17 anos. O pedido teria partido da Williams, que busca substituir o piloto Logan Sargeant ainda este ano.