F1: “A penalidade foi dura,” diz Horner sobre o incidente de Norris e Verstappen

O Grande Prêmio da Áustria de F1, foi marcado por incidentes e emoções fortes, o chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, expressou sua opinião sobre o que ocorreu durante o GP. Max Verstappen, piloto da equipe, recebeu uma penalidade de 10 segundos após um acidente com Lando Norris, uma decisão que Horner considera “um pouco pesada”.

Horner acredita que a penalidade de 10 segundos que Max Verstappen recebeu por sua parte no acidente com Norris é ‘um pouco pesada’. No entanto, o chefe da Red Bull acha mais importante garantir que as coisas não possam dar errado novamente com os pit stops

“Estou apenas procurando ver, em primeiro lugar, o que aconteceu no pit stop porque perdemos obviamente um pouco de tempo lá,” explicou Horner. De acordo com o chefe da equipe, não custou a corrida do Verstappen mas que colocou a equipe em uma posição vulnerável.

A corrida foi intensa, com Norris aplicando pressão constante sobre Verstappen. Apesar de uma defesa que inicialmente se manteve firme, em mais um ataque levou a um contato entre os dois carros, resultando em danos: “Norris conseguiu colocar muita pressão em Verstappen, que inicialmente se manteve firme. No entanto, em mais um ataque, as coisas deram errado e ambos os pilotos se chocaram, resultando em furos,” disse Horner.

Duelo difícil Horner viu Norris usar seus cotovelos, mas Verstappen não se intimidou com isso. O holandês defendeu com firmeza, mas Horner não tem problema com isso em si: “Eu achei a penalidade dura. Às vezes é assim que são as corridas, é frustrante, particularmente aqui nesta corrida. Mas é assim que as corridas são às vezes. Tivemos uma vitória incrível ontem, estávamos controlando a corrida bem, mas isso é Fórmula 1,” finalizou Horner.